Falta de respeito

Base do SAMU recebeu mais de 8 mil trotes nos meses de abril e maio em Arapiraca

O SAMU continua convivendo com os trotes para o telefone 192

POR: 7segundos
SAMU Arapiraca comanda 19 bases descentralizadas
Ewerton Silva/7segundos

Neste período de Pandemia, houve um aumento de atendimentos a pacientes com suspeita ou que testaram positivo para a Covid-19, através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Alagoas. Apesar da importância do trabalho, o SAMU continua convivendo com os trotes para o telefone 192, inclusive na Base Arapiraca, onde somente nos meses de abril e maio foram registradas mais de oito mil ligações com informações falsas.

De acordo com a coordenadora de enfermagem da base regional do SAMU Arapiraca, Antônia Fortaleza, em abril foram 4.638 trotes para a base do Serviço Móvel de Urgência em Arapiraca. Mesmo com o índice de chamadas criminosas ainda permanecendo elevado, o número de trotes caiu em maio, quando foram registradas 3.937 ligações falsas. Ou seja, em dois meses foram 8.575 ligações criminosas. Os números relacionados à este mês de junho ainda estão sendo computados.

Os trotes ocasionam prejuízos para os serviços de urgência, uma vez que a linha fica ocupada e os técnicos auxiliares de regulação médica perdem tempo atendendo a uma ocorrência falsa. Enquanto isso, uma pessoa que realmente esteja precisando do serviço, terá que aguardar a linha desocupar para receber o atendimento necessário. Ainda de acordo com a coordenadora Antônia Fortaleza,  90% dos trotes são praticados por adultos.

7Segundos abril base Arapiraca maio mais de 8 mil ligações Samu trotes

Veja Também

Comentários