Preocupação!

Covid -19 gera dificuldades para catadores de materiais recicláveis em Arapiraca

Integrantes das duas associações existentes na cidade sente o impacto financeiro

POR: 7segundos
Catadores aguardam o fim da pandemia
Assessoria

Em virtude da pandemia, várias medidas de isolamento social foram adotadas para evitar a propagação do coronavírus.  Necessárias para a saúde da população, as medidas acabam gerando impactos financeiros em várias categorias, a exemplo dos catadores. Sem ter como trabalhar, os membros da Associação de Catadores de Resíduos Sólidos de Arapiraca (Ascara) e da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Mangabeiras (Ascaman), buscam alternativas para garantir a sua manutenção.

A presidente da Ascara, Maria do Socorro da Silva, disse ao 7 segundos que a sua entidade conta com 12 associados. Enquanto não podem desenvolver suas atividades, contam com ajuda da comunidade e, também, procuram outras alternativas de renda, como a produção de artesanato e máscaras de proteção, distribuídas para a própria  comunidade.

“Estou esperando que isso passe logo, para poder voltar ao trabalho”, afirmou Maria do Socorro, que fez questão de agradecer ao apoio que o Defensor Público, André Chalub, tem dado aos associados. Mostrando estar consciente quanto à necessidade de respeitar as medidas sanitárias, Socorro afirmou que, uma vez por semana, é feita a limpeza da sede da Associação, que fica localizada no povoado Mocó, zona rural da cidade.  

Ascaman

Presidida por Sebastião Alencar, a Ascaman é sediada no bairro Mangabeiras e conta com 55 associados. A reportagem conversou com a associada Maria Catarina e, segundo ela, enquanto não podem realizar o trabalho diário, os catadores buscam outros meios de garantir alguma renda. Contam também com a ajuda de algumas pessoas da comunidade.

Ainda de acordo com Maria Catarina, nem todos os catadores tiveram direito a Cestas Básicas ou ao Auxílio Emergencial, uma vez que não tem tinham o Número de Identificação Social (NIS). Mesmo diante das dificuldades, estão sendo orientados a tomar os cuidados necessários para evitar a doença e aguardam a volta ao trabalho. Enquanto isso, cuidam da limpeza do Galpão e aguardam que tudo isso passe.  

7Segundos Ascaman Ascara catadores de recicláveis Maria Catarina Maria do Socorro pandemia retorno ao trabalho

Veja Também

Comentários