Geral

Desempregada, mãe faz apelo para comprar leite para o filho de 3 meses

Ela e o marido tiveram que sair da casa dos familiares porque não conseguiam ajudar nas despesas

POR: 7segundos
Desempregada, mãe faz apelo para comprar leite para o filho de 3 meses
Ewerton Silva / 7segundos

A pandemia provocada com a chegada do novo coronavírus trouxe graves consequências tanto na área da saúde - com a morte de milhares de pessoas em todo o mundo, como também uma grave crise econômica com o isolamento social e suspensão da maioria das atividades comercias e financeiras. Muita gente perdeu o emprego, e quem estava a procura de uma vaga no mercado de trabalho não consegue nesse período enquanto durar a quarentena.

Este é o caso de uma jovem mãe, como muitas outras,  que está passando dificuldades em Arapiraca, porque ela e o marido estão desempregados e tem um bebê  de três meses de idade.

Ana Paula da Silva, 24 entrou em contato com o Portal 7Segundos para fazer um apelo, contando com a solidariedade das pessoas para comprar o leite do filho e outros gêneros alimentícios de primeira necessidade.

Ana Paula contou que ela e o marido, Geovane Santos Silva, 26 anos  estavam no interior do Maranhão - onde mora a família dele. Mas sem conseguir trabalho e com a chegada da gravidez, eles resolveram voltar para Arapiraca, cidade natal de Ana Paula.

Morando de favor na casa de familiares, o casal só consegiu permanecer por quatro meses, pois uma desavença familiar, segundo ela, por falta de recursos para ajudar nas despesas da casa, obrigou os dois a deixarem o local.

Há menos de um mês Ana Paula e Geovane estão morando em um quarto de hostel - local onde os moradores dividem gás, energia e luz elétrica. Com ajuda de conhecidos, eles cosseguiram pagar o primeiro mês de aluguel no valor de R$ 300,00 mas falta dinheiro para adquirir as necessidades básicas como o leite do filho de três meses.

"Ontem uma mulher trouxe uma lata de leite pro meu filho. A gente consegue ficar com fome, mas ele chora e ficamos desesperados", desabafou Ana Paula.

A jovem mãe contou que mesmo nesse período de quarentena ela e o marido distribuíram currículos, mas não conseguiram trabalho e foi preciso apelar publicamente para não passar fome.

"Qualquer ajuda é bem vinda, principalmente de alimentos e fraldas pro bebê que é mais urgente nesse momento", finalizou.

Quem quiser ajudar o casal com qualquer tipo de doação pode entrar em contato pelo número (99) 99111-5860, que é WhatsApp, ou ir até a Rua Bela Vista, 315 no bairro Brasília.

Galeria de Fotos


7Segundos apelo Arapiraca desempregada faz Filho Leite mãe

Veja Também

Comentários