Vai para hotel

Ronaldinho paga R$ 8 milhões para deixar cadeia

Os advogados indicaram que ele e Assis vão ficar no Hotel Palmaroga, na capital paraguaia

POR: Jornal Cruzeiro
Ronaldinho paga R$ 8 milhões para deixar cadeia
Reprodução

Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Roberto de Assis vão seguir presos no Paraguai, mas agora em prisão domiciliar. Nesta terça-feira (7), após 32 dias da detenção do astro em Assunção, o juiz Gustavo Amarilla decidiu mudar o regime de reclusão. Ele ficará detido em um hotel da cidade.

A decisão que relaxou a condição de Ronaldinho foi tomada em audiência em que a defesa do ex-atleta apresentou o pagamento de fiança de US$ 1,6 milhão (aproximadamente R$ 8,3 milhões). Além disso, os advogados Sergio Queiroz e Adolfo Marin indicaram que ele e Assis vão ficar no Hotel Palmaroga, na capital paraguaia.

“O valor da fiança foi importante”, disse o promotor Osmar Legal. “Antes haviam apresentado como garantia uma casa que não estava em nomes dos dois, agora a defesa abriu uma conta corrente no nome deles e fez o depósito dos valores.”

A fiança foi depositado no Banco Nacional de Fomento. Se Ronaldinho e o irmão tentarem fugir, a quantia vai ser resgatada. Os brasileiros ficarão sob custódia no hotel enquanto aguardam a sequência das investigações e o julgamento da acusação de uso de passaportes falsos para entrar no país.

Ronaldinho e Assis estavam desde 6 de março no Agrupamento Especializado, um quartel da Polícia Nacional adaptado como presídio em Assunção. (Da Redação com agências)

7Segundos domiciliar gaúcho Hotel palmoroga Prisão Ronaldinho

Veja Também

Comentários