Agreste

Empresários pressionam governo e convocam buzinaço em Arapiraca para reabertura do comércio

Concentração da carreata será às 15h em frente ao Ginásio João Paulo II

POR: 7Segundos
Buzinaço acontece na tarde desta sexta-feira em Arapiraca
Divulgação

Após 7 dias do Decreto Governamental publicado no Diario Oficial do Estado  (DOE) pelo governador Renan Filho, suspendendo grande parte das atividades comerciais, está sendo convocada  uma carreata com buzinaço exigindo a reabertura do comércio. A concentração,  que está sendo organizada pelo empresário Pedro Carlos Cavalcante,  será nesta sexta (27), às 15h, em frente ao Ginásio João Paulo II, no Centro do município. 

Vale lembrar que o decreto governamental é valido por 10 dias e foi uma das medidas  adotadas pelo governo de Alagoas para minimizar a contaminação do coronavírus. O  final do prazo  é na próxima segunda-feira (30), podendo ser prorrogado ou não.

Para o setor do comércio,  a suspensão das atividades por um período mais longo pode gerar demissões e até fechamento de lojas, é o que avalia  Wilton Malta do Sindlicato do Comércio Varejista de Arapiraca (Sindlojas). 

Em uma  entrevista a uma rádio local na manhã desta sexta, Wilton Malta  reconheceu que a saúde tem que ser prioridade em um momento tão delicado como essa  pandemia que o mundo esta vivendo.  Ele afirmou que  o governo de Alagoas tomou as medidas necessárias para conter o avanço da Covid-19, mas é preciso avaliar as consequencias negativas para o comércio local se o prazo for estendido por mais tempo.

"O  governo de Alagoas,  em decisão tomada com todos os setores da sociedade, pode avaliar o retorno das atividades comerciais e industriais de forma gradativa, por setor para que não haja riscos maiores", afirmou durante entrevista. 

Francisco Suruagy que trabalha na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) também durante entrevista à mesma rádio, afirmou que o governador Renan Filho, faz reuniões diárias por teletrabalho com técnicos das secretárias estaduais, governadores e também com o governo federal adotando medidas fiscais e sanitárias para minimizar o impacto desse crise em Alagoas. " Nós fomos o primeiro estado a anunciar a atencipação do décimo terceiro salário e prorrogar impostos para que o setor produtivo não sofra tanto", informou o servidor da Sefaz. 

Buzinaço em Maceió 

Na capital,  está marcada para a próxima segunda-feira (30) uma carreta com concetração às 10h, no Corredor Vera Arruda. 

Também é nesta segunda, que o governador Renan Filho vai realizar reunião com representantes da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea) para decidir a prorrogação ou não do Decreto de Emergência. 

7Segundos Arapiraca buzinaço comércio Coronavírus

Veja Também

Comentários