carnaval 2020

Chorar no começo para sorrir no fim: Marta é tema de samba-enredo do Carnaval do Rio

Inocentes de Belford Roxo exalta a imagem da mulher empoderada dos dias atuais ao homenagear a Rainha do Futebol

POR: CBF
Jogadora nascida em Dois Riachos é homenageada por escola de samba
divulgação

Medalhista olímpica, maior artilheira das Copas, seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo, Embaixadora da ONU e, agora, tema de samba-enredo de carnaval. Marta, a Rainha do Futebol, foi homenageada na madrugada deste domingo (23) pela Inocentes de Belford Roxo na Marquês de Sapucaí. A escola, que disputa o acesso para a Série Especial do Rio de Janeiro, veio para a avenida com o enredo "Marta do Brasil - Chorar no começo para sorrir no fim". O nome evoca a declaração da atleta após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo do ano passado.

"Marta é simples, ela é do povo. Ela saiu de Dois Riachos, chegou ao Rio com sonhos e os conquistou". A frase dita pelo carnavalesco Jorge Caribé explica o motivo da atacante ser o destaque desse ano da escola. Mais do que o talento com os pés, a Belford Roxo valorizou a trajetória de vida da jogadora. O objetivo foi utilizá-la como referência para todas as mulheres que saem em busca de suas próprias metas. O enredo exalta a imagem da guerreira dos dias atuais. Aos 34 anos, a camisa 10 da Seleção Brasileira comemorou a oportunidade de contar sua história.

- Muita garra para representar nosso país da melhor maneira possível. Fico muito honrada de poder participar de tudo isso, para que cada vez mais a gente possa inspirar mulheres, homens, crianças - disse Marta

Com cerca de dois mil componentes, a Inocentes de Belford Roxo abriu o desfile com o "Nordeste Minha Paixão". Através das fantasias e das coreografias, a comissão de frente retratou o sonho da atacante se tornando realidade. O carro abre-alas foi um tributo ao estado de Alagoas, cidade natal da jogadora, e representou o pontapé inicial de sua carreira. O desfile também passou pela cultura nordestina, pelas conquistas durante sua trajetória profissional e por sua batalha à igualdade de gênero.

Imobilizando a Sapucaí, Marta fez questão de agradecer do início ao fim da apresentação. A atacante entrou na última ala da escola de samba que trouxe uma grande chuteira dourada evidenciando suas seis Bolas de Ouro e o título de Embaixadora da ONU. Além dela, o carro contou com a presença de sua mãe, Dona Tereza, de seus familiares e amigos. A técnica da Seleção Brasileira, Pia Sundhage, e a auxiliar técnica Bia Vaz também marcaram presença no desfile. A Inocentes ainda contou com a ajuda de quinze jogadoras de futebol do América Futebol Clube e, pela primeira vez, com intérpretes de libra à frente da bateria.

 

MARTA DO BRASIL – CHORAR NO COMEÇO PARA SORRIR NO FIM
Autor(es) do Samba-Enredo: Cláudio Russo / André Diniz/ Altamiro 
Letra do Samba-Enredo

Rainha sim
No talento, na luta e na vocação
Há tantas mulheres por aí assim
Crias da favela, filhas do sertão
E lá vem a menina Driblando a seca, em meio a poeira
Ganhando o mundo
Vencendo a sina
Lembrando de tudo para ser verdadeira

Em Dois Riachos ficou a saudade
À beira do rio se aventurou
Fintou a tristeza com habilidade
Com ar de nobre de cara pro gol

Da neve o lume da estrela
À dignidade de uma heroína
O maior exemplo de dona Tereza
Traduz sentimento em cada retina
Empoderamento, coisa de alma feminina
Eu sei que o preconceito vem de todo lado
Aquelas que usam batom no gramado
Carregam a pátria além da chuteira
Também sei
Que a sua luta é a nossa bandeira
Em cada segundo 
A força que tem a mulher brasileira

É a Marta, é a deusa
A defesa aos seus pés
É bola de ouro, é gente da gente
O brilho inocente da camisa 10

carnaval Escola de Samba Inocentes de Belford Roxo jogadora Marta sambe-enredo sapucaí

Veja Também

Comentários