Em Arapiraca

Comércio tem movimento fraco às vésperas de Carnaval

Mesmo com promoções, lojas registram vendas abaixo do esperado

POR: 7Segundos
Sem tradição no carnaval, movimento no comércio não tem muita alteração no períoco
Patrícia Bastos/ 7Segundos

Vitrines trazem promoções de roupas de verão, lojas colocam artigos de carnaval bem à frente para atrair os consumidores, mas o movimento nos estabelecimentos comerciais está abaixo do esperado. Por conta dos festejos, comerciantes investiram em confecções e adereços para o período e també em locutores para chamar os clientes, mas as medidas não têm surtido muito efeito.

"Como as prévias de Arapiraca acontecem duas semanas antes do Carnaval em si, desde o começo do mês eu coloquei mais artigos de carnaval. As vendas melhoraram um pouco esta semana, até porque os produtos já estão em promoção. Ainda assim, acho que ficar muita coisa encalhada", afirmou Francisco José, proprietário de uma loja de bijuterias no Centro.

Segundo ele, como a cidade não tem uma tradição de festejos no carnaval e muitas pessoas viajam, não há um aumento significativo no movimento no comércio neste período do ano. Há alguns anos, com o Folia de Rua, a situação melhorou um pouco. "Quando a prévia passou a acontecer nessa região do Centro e a atrair mais pessoas, aumentou a procura bijuterias e outros adereços para o Folia de Rua. Teve um ano que vendi tudo e as pessoas vinham procurar e eu não tinha mais. Nos anos seguintes, passei a investir mais nesse período, e aí, não vendi tudo", lamenta.

No calçadão da praça Manoel André, as promoções colocadas na vitrine atraem os olhares dos consumidores, mas nem sempre as compras se concretizam. "A promoção é apenas para as roupas de carnaval, essas camisetas coloridas, shorts estampados, biquinis. Não vou viajar e vim comprar roupas para o dia a dia mesmo, e aí essas peças não estão em promoção. Então a gente tem que andar e pesquisar", conta a dona de casa Cibele Maria dos Santos.

Um dos motivos para o fraco movimento do comércio, de acordo com os empresários, é que o Carnaval caiu no período próximo ao final do mês, quando a maioria das pessoas já consumiu boa parte dos salários. 

"Para falar a verdade, pelo que estou vendo, muita gente assim como eu não vai viajar neste Carnaval. Todos os anos já tinha uma casa de praia que alugava junto com a minha família no Pontal do Peba e esse ano, por conta da crise, ninguém vai. O dono da casa chegou a oferecer um preço mais baixo, mas mesmo assim, não vai dar pra gente ir. E, quem não viaja, também não compra", declarou o comerciante Francisco José.

2020 7Segundos Arapiraca carnaval Centro comércio movimento fraco

Veja Também

Comentários