política

PMDF quer comprar 200 bafômetros por R$ 12,9 mil a unidade

Corporação anunciou pregão eletrônico para aquisição dos aparelhos, com valor unitário 377,8% maior do que modelos comprados pela PRF

POR: Metropoles
Nos dois casos os condutores realizaram o teste do bafômetro
Reprodução

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) abriu licitação para a compra de 200 novos bafômetros. De acordo com publicação do Diário Oficial do DF (DODF) de terça-feira (18/02/2020), o valor estimado dos equipamentos é R$ 2.594.462.

Na prática, significa que cada aparelho está orçado em R$ 12,9 mil. O valor chama atenção quando comparado a uma compra recente de modelos mais modernos de etilômetros realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), feita em maio do ano passado.

Na ocasião, a PRF adquiriu seis equipamentos batizados de iBlow, capazes de identificar a alcoolemia no hálito exalado pelo condutor em instantes, custando R$ 2,7 mil cada.

O aparelho tem o que há de mais moderno no procedimento, pois usa sensores eletroquímicos para identificar células etílicas e pretende agilizar o trabalho das autoridades de trânsito no combate à alcoolemia.

As despesas da PMDF com cada etilômetro previsto na licitação, portanto, significariam uma compra unitária 377,8% maior do que a realizada pela PRF.

O gasto também destoa de aquisições de corporações e departamentos de trânsito de outras unidades da Federação. Em São Paulo, por exemplo, a Polícia Militar gastou R$ 2,3 milhões na compra de 410 etilômetros – R$ 5.680 cada.

Segundo o governo do estado, o preço unitário ficou abaixo do valor de mercado praticado: de R$ 6,5 mil. Já no Paraná, as unidades compradas saíram por R$ 8.570,29.

Polícia prática PRF rodoviária

Veja Também

Comentários