política no sertão

'Evidente perseguição política', afirma radialista de Canapi sobre 32 ações judiciais

Prefeito, secretários e vereadores ajuizaram ações contra o radialista Márcio Martins

POR: 7Segundos
Márcio Martins é alvo de ações movidas por prefeito, secretários e vereadores
divulgação

O radialista de Canapi Márcio Martins rebate as acusações de calúnia, injúria e difamação em 32 ações judiciais movidas contra ele pelo prefeito Vinícius Lima, cinco secretários municipais e dez dos onze vereadores que compõem a Câmara de Vereadores. "Estou sendo alvo de uma perseguição política mais que evidente, até porque nunca falei nada pessoal e jamais citei o nome de nenhum dos que me processam hoje. Qual calúnia? Qual difamação por mim foi cometida? Simplesmente divulguei o que consta no portal da transparência e emiti a minha opinião pessoal em fatos devidamente comprovados", afirmou.

Na última segunda-feira (10), Márcio Martins recebeu intimações para 18 audiências referentes as ações judiciais, baseadas em informações jornalísticas divulgadas por ele sobre os gastos e empenhos da prefeitura de Canapi, com base nos dados publicados pelo próprio município no portal da transparência, e declaração dada em uma audiência pública sobre a atuaçao da Câmara de Vereadores. Em carta aberta divulgada pelo comunicador, ele explica que a declaração não passou de uma opinião pessoal e que não citou nominalmente nenhum parlamentar.

"Emiti uma opinião pessoal, em uma audiência do Ministério Público Estadual de Alagoas,  afirmando que a atuação da Câmara Municipal de Canapi estava mais para um 'puxadinho' do Poder Executivo e que seus vereadores seriam meros despachantes. Fala minha essa, baseada em fatos de anos de acompanhamento do trabalho do legislativo canapiense que vem se resumindo a requerimentos e indicações sem qualquer ato de fiscalização e muito menos projetos aprovados de autoria dos próprios vereadores, mas sim, 99,9% de autoria do Poder Executivo Municipal", afirmou, reforçando em que nenhum momento cometeu qualquer ofensa pessoal, calúnia ou difamação contra nenhum dos vereadores, prefeito ou secretários municipais e que se referiu às instituições e à função pública dos agentes políticos.

Marcio Martins ainda afirma que exercer a liberdade de expressão, emitindo suas opiniões pessoais e divulgando informações fundamentadas em dados públicos oficiais está garantida pela Constituição Federal. "A Carta Magna do nosso país assegura o direito de todo e qualquer cidadão a expressar sua opinião pessoal, bem como as críticas que quiser, contra quem quer que seja, quando devidamente embasadas em fatos devidamente comprovados, como é o caso público e notório para todo aquele que acessar os respectivos Portais da Transparência da Prefeitura e da Câmara de Vereadores de Canapi", disse.

O radialista é muito conhecido em Canapi por suas declarações críticas da administração municipal. Tanto que até mesmo quando não está envolvido na publicação de denúncias relacionadas ao Executivo e ao Legislativo, acreditam que divulgação teria partido dele. 

Um exemplo disso aconteceu quando o 7Segundos publicou uma matéria sobre uma denúncia encaminhada ao Ministério Público de que a prefeitura de Canapi estaria contratando caminhões-pipa que pertencem a vereadores, para eles levarem água para comunicades rurais. Um dos vereadores citado na denúncia, afirmou, ao ser procurado na reportagem afirmou que " um blogueiro, que é contra a Câmara porque está sendo processado por vários vereadores está fazendo tumulto com isso", se referindo a Márcio Martins.

Para a reportagem, o radialista afirmou que os vereadores vêm se referindo a ele como pré-candidato às eleições, dando a entender que essa seria a razão da postura crítica a administração municipal e ao legislativo. 

"Eles sempre vão alegar que é questão de oposição, que tudo é questão política. Inclusive, depois dos processos, todas as matérias que eu publico, eles me colocam como pré-candidato a prefeito, mas também sou contra o grupo que eles falam que eu pertenço. Na verdade sou contra os dois grupos que dominam Canapi há 57 anos, inclusive tenho um livro publicado falando sobre o coronelismo e essa política nojenta daqui. Na gestão passada era a mesma coisa, quem acompanha meu blog sabe que o outro grupo também dizia que eu agia com o objetivo de beneficiar a oposição, que é o atual grupo político que está no poder na cidade. Sou oposição ao sistema político que vigora na minha cidade e se for o caso, posso ser candidato sim, mas não tem nada a ver com oposição político-partidária e coronelista que acontece aqui", ressaltou. 

Galeria de Fotos


2020 7Segundos Ação judicial blog Calúnia câmara de vereadores Câmara Municipal caminhões-pipa canapi carros-pipa critica denúncia Difamação Eleições injúria Márcio Martins Política prefeitura Radialista

Veja Também

Comentários