Mudanças

Procurador-geral de Justiça afirma ser necessário estudar a forma de atuação das promotorias em Arapiraca

Debate foi em relação a mudança de competência de duas Varas Judiciais, o que influencia diretamente na atuação do Ministério Público do Estado de Alagoas

POR: Assessoria
Procurador-geral de Justiça em exercício discute mudança de atribuições de Promotorias em Arapiraca
Assessoria

O procurador-geral de Justiça em exercício, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, esteve reunido nesta quarta-feira (12), em Arapiraca, com procuradores e promotores de Justiça para debater as atribuições das Promotorias de Justiça locais, mediante a mudança de competência de duas Varas Judiciais, o que influencia diretamente na atuação do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL).

Márcio Roberto detalhou o porque da reunião com os membros prometendo análise mais aprofundada junto ao Colégio de Procuradores.

“Faz-se necessário estudar a forma de atuação das promotorias, já que houve mudança de competência de duas Varas, uma delas que era cível passando a criminal e isso impacta no Ministério Público. Então, precisaremos redimensionar nossas atribuições para se encaixem na nova realidade da Justiça”, esclarece o procurador-geral em exercício.

Participaram das discussões o corregedor-geral, procurador de Justiça Magela Pirauá, o procurador de Justiça, Valter Acioly, os promotores de Justiça: Tânia Cristina Giacomosi, Rogério Paranhos, Maurício Wanderley, José Alves Neto, Saulo Ventura de Holanda, Almir Crescêncio, Adivaldo Batista de Souza júnior.

Ficou acordado pelo chefe da instituição que a redação final do ato será remetida ao Colégio de Procuradores.

7 segundos Agreste Alagoas Arapiraca atuação competências interferências justiça ministério púbico do estado de alagoas MPE mudança de varas procurador-geral promotorias reunião sete segundos

Veja Também

Comentários