Atualização

Bombeiros confirmam: corpo encontrado em Canhoba (SE) é de Mariana Torres

Corpo de jovem será encaminhado para o IML de Arapiraca

POR: 7 Segundos
Após confirmação de amigo da família, bombeiros divulgaram que corpo é de Mariana Torres
divulgação

Os bombeiros que participaram da operação de resgate de um corpo do sexo feminino no rio São Francisco, no município de Canhoba (SE) acabaram de confirmar que o cadáver foi identificado como Mariana Torres, filha do delegado Cícero Torres, que estava desaparecida desde final da tarde de quarta-feira (29), após a jovem ter entrado para dar um mergulho no rio, na cidade de Traipu, no agreste alagoano.

Atualização às 12h33: Como o corpo foi encontrado na margem sergipana do rio São Francisco, o cadáver deveria ser recolhido para o Instituto Médico Legal de Aracaju, no entanto, após um acordo entre a polícia alagoana e a Secretaria de Segurança de Sergipe, o corpo será transportado de lancha até a margem do rio em Traipu e seguirá para o IML de Arapiraca.

Segundo informações dos bombeiros, um amigo da família acompanhou o trabalho de resgate e confirmou que o corpo é o da jovem. No momento, outros familiares também estariam se deslocando para o local do achado do corpo, que teria sido encontrado por um pescador, que o puxou para as margens do rio, em Borda da Mata, localidade que fica em Sergipe. O Rio São Francisco divide os estados de Alagoas e Sergipe na região.

O incidente aconteceu em Lagoa Primeira próximo a Gararu, em Traipu, do lado alagoano, e o corpo foi encontrado a mais de 10 km do local, do outro lado rio, lado sergipano, em frente ao povoado Bom Jardim, Alagoas.

De acordo com a Polícia Militar de Sergipe, os procedimentos estão sendo efetuados pelo Corpo de Bombeiros de Alagoas.

Galeria de Fotos


Alagoas Amparo do São Francisco borba da mata Canhoba cicero torres Corpo delegado filha delegado mariana torres Sergipe Traipu

Veja Também

Comentários