leia nota

Equatorial emite nota sobre a morte ocorrida em Arapiraca na quarta-feira (22)

Só na noite do acidente, a empresa recebeu 371 chamados em Arapiraca

POR: 7segundos
Ivone Lira da Silva morreu eletrocutada após pisar em um fio
Reprodução/Facebook

A Equatorial lançou uma nota nesta quinta-feira (23), sobre o acidente ocorrido na noite de quarta-feira (22), onde Ivone Lira da Silva, de 46 anos, morreu eletrocutada após pisar em um fio, que caiu devido às fortes chuvas em Arapiraca. Segundo a nota, a Equatorial está dando toda assistência necessária a família da vítima.

Ainda segundo a empresa, só na noite da quarta-feira (22), a empresa recebeu 371 chamados em Arapiraca, sendo 77 sobre situações de risco. Das 77 solicitações registradas como risco, em 29, foi constatado que era apenas falta de energia, o que dificultou os trabalhos dos técnicos nas áreas emergenciais. 

A Equatorial ainda citou que lamenta o acontecimento e orientou as pessoas para que não se aproximem de cabos ou fios caídos. Orientou também que situações dessa natureza devem ser comunicadas imediatamente por meio do telefone 0800 082 0196, devendo-se informar o endereço com ponto de referência, para que a empresa possa enviar uma equipe de plantão ao local e adotar as medidas técnicas necessárias.

Família diz que acidente poderia ser evitado

Os três filhos de Ivone Lira da Silva, que morreu eletrocutada na tarde de quarta-feira (22) no Jardim das Paineiras, em meio à dor pela perda da mãe, estão revoltados por acreditar que a morte dela poderia ter sido evitada. "Esse mesmo fio já caiu várias vezes e, em vez de consertar de verdade, faziam só um arranjo. A Equatorial foi irresponsável", declarou a filha, Jéssica Karolayne.

De acordo com ela, moradores da comunidade informaram que o cabo de energia já estava no chão por volta de 16h30, cerca de uma hora antes do acidente, e que várias pessoas haviam acionado a Equatorial. 

Leia a nota na íntegra:

Nota de esclarecimento: acidente com vítima em Arapiraca

A Equatorial Energia Alagoas informa que está acompanhando e colaborando com as apurações do acidente que ocasionou a morte da Sra. Ivone ocorrida nesta quarta-feira (22). A distribuidora está dando toda assistência necessária a família da vítima.

A Equatorial esclarece ainda que assim que recebeu o alerta de chuvas com possibilidade de raios, com intensidade variada, ampliou o número de equipes. Os técnicos trabalharam intensamente para atender ao elevado número de chamados no agreste do estado, priorizando as ocorrências registradas com risco à população, como as situações de fio partido. Só na noite desta quarta-feira (22), a empresa recebeu 371 chamados em Arapiraca, sendo 77 sobre situações de risco. 

Das 77 solicitações registradas como risco, em 29, foi constatado que era apenas falta de energia. Por isso, a Equatorial pede o apoio da população para que não registrem falta de energia como fio partido apenas para ter prioridade no atendimento, pois os técnicos deixam de atender às ocorrências emergenciais de risco à vida. 

A Equatorial lamenta o acontecimento e orienta as pessoas para que não se aproximem de cabos ou fios caídos. Situações dessa natureza devem ser comunicadas imediatamente por meio do telefone 0800 082 0196, devendo-se informar o endereço com ponto de referência, para que a empresa possa enviar uma equipe de plantão ao local e adotar as medidas técnicas necessárias.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Energia Alagoas

 

7Segundos acidente Área de risco chamado eletrocutada equatorial fio desencapado mulher nota de esclarecimento

Veja Também

Comentários