Protesto

Com roupa em forma de protesto, Deborah Secco vai ao verão sem censura

Atriz participou de debate com Raquel Pacheco, que era Bruna Surfistinha

POR: O Fuxico
Com roupa em forma de protesto, Deborah Secco vai ao verão sem censura
Manuela Scarpa

Em julho do ano passado, o presidente Jair Bolsonaro citou o filme Bruna Surfistinha como exemplo de produção que ele não considerava merecedora de financiamento. Na noite de sábado (18), Deborah Secco, que protagonizou o longa, participou de um debate no Festival Verão Sem Censura, que promoveu uma exibição do longa dirigido por Marcus Baldini. No evento, a atriz estava ao lado de Raquel Pacheco, autora do livro que inspirou a versão para os cinemas.

Não por acaso, a mãe de Maria Flor vestiu uma camisa com uma inscrição provocativa.

"A arte resiste", estava escrito no vestido branco de mangas longas.

Apoio de famosos

Em suas redes sociais, Deborah recebeu apoio de vários amigos de profissão.

"Arrasa, deusa", disse Vitória Strada.

Juliana Paiva, que com Vitória também estará com Deborah em Salve-se Quem Puder, próxima trama das 19h, também deixou seu recado.

 

Bolsonaro censura governo Protestos to9mada

Veja Também

Comentários