Processo Seletivo

Sindicato pede mediação do MP em pleito sobre substituição de banca na seleção de agentes de saúde

Categoria questiona que Uneal não tem competência para conduzir certame porque não possui profissionais de Saúde

POR: 7Segundos
Concurso Público deve ser lançado até o fim de 2019
Ilustração

O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias da Região Metropolitana do Agreste (SindAgreste) solicitou que o Ministério Público Estadual faça mediação no pedido encaminhado à Procuradoria Geral do Município para substituir a instituição responsável pelo Processo Seletivo Público (PSP) para a efetivação de agentes das categorias. 

O edital do certame, que estava previsto para o dia 05 de janeiro, ainda não foi divulgado e, por conta disso, o sindicato espera que o município reveja a escolha da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) para elaboração das provas e condução do concurso público como antecipou o 7Segundos em matéria publicada na quarta-feira (08). Conforme ofício encaminhado nesta quinta para a Procuradoria do Município, a escolha da instituição contraria o acordo feito em reuniões prévias entre município, sindicato e MP, para a contratação de uma banca examinadora de outro local para garantir a isenção na correção das provas. 

De acordo com o presidente do SindAgreste, Jade de Albuquerque Rodrigues, além da inquietação dos agentes de saúde e de endemias contratados - que deverão se inscrever no Processo Seletivo Público para terem a chance de serem efetivados, em relação à escola de uma instituição local para a organização do certame, a Uneal não teria capacidade técnica para elaborar provas para a área de Saúde.

"Em qualquer processo seletivo, a parte mais importante da prova são as questões específicas, que neste caso serão voltadas para a área de Saúde, só que a instituição que eles escolheram não tem cursos de Saúde e, portanto, não tem profissionais que possam servir em uma banca examinadora dessa área. Além disso, a escolha de uma instituição que não seja de Arapiraca dá mais lisura ao resultado final", declarou.

No documento encaminhado para a Procuradoria, o sindicato sugeriu outras duas instituições alagoanas, que possuem em seus quadros especialistas em Saúde, para a condução do certame: a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) e a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão em Alagoas (Fepesa). 

7Segundos ACE ACS agente de endemias agentes comunitários de saúde agentes de combate às endemias agentes de saúde Arapiraca concurso edital Fepesa Ministério Público Estadual prefeitura de Arapiraca processo seletivo público Procuradoria Geral do Município SindAgreste sindicato TAC Uncisal Uneal universidade estadual de alagoas

Veja Também

Comentários