Investigação

Comissão de delegados começa investigar morte de Hudson Melanias

Vídeo e imagens de filho de secretário registrados antes do crime devem embasar inquérito

POR: 7Segundos
Aparece bebendo com um grupo de amigos
Reprodução

Uma comissão de delegados foi designada, no final da manhã desta sexta-feira (03) para conduzir as investigações sobre a morte do jovem Hudson Marques Melanias, filho do secretário de Educação de Arapiraca, Janeo Melanias, encontrado morto no último domingo, 29 de dezembro. O delegado-geral Paulo Cerqueira determinou que o inquérito policial sobre o homicídio seja encaminhado pelos delegado regional de Arapiraca, Guilherme Iusten; delegado de homicídios de Arapiraca, Ewerton Gonçalves; Renivaldo Batista, de São Sebastião, onde o corpo foi encontrado; e Gustavo Xavier, da Regional de Penedo.

O delegado Ewerton Gonçalves falou com o 7Segundos, mas preferiu não divulgar detalhes e disse que somente ao final do inquérito deve se pronunciar sobre o caso por meio da assessoria de comunicação da Polícia Civil, mas adiantou que a investigação está apenas começando. 

Hudson Melanias foi sepultado na tarde de quinta-feira (02), no cemitério Pio XII, horas depois de familiares fazerem o reconhecimento do cadáver do jovem de 25 anos no Instituto Médico Legal. Como fazia cinco dias que o corpo havia sido encontrado, não houve velório, apenas uma cerimônia rápida de despedida, que emocionou parentes e amigos.

O jovem esteve em contato com a família no último dia 29 e apenas na quinta-feira, 02 de janeiro, os familiares passaram a usar as redes sociais para procurar pelo jovem. Segundo informações, era comum Hudson Melanias passar alguns dias ausente, mas devido a falta de informações sobre o paradeiro dele, a família passou a fazer buscas nos órgãos oficiais.

O cadáver do jovem estava sem identificação no IML de Arapiraca desde o domingo, após ser localizado por populares em uma roça no povoado Sapé, zona rural de São Sebastião. Ele foi assassinado com um golpe profundo no pescoço.

Ainda antes da identificação do corpo pelos parentes do IML, começaram a circular nas redes sociais fotografias e um vídeo em que Hudson Melanias aparece acompanhado de outros jovens, usando a mesma roupa que foi encontrado morto. A polícia não esclareceu se as pessoas que aparecem nas imagens foram identificadas e se elas serão ouvidas no decorrer das investigações.

O jovem era filho de Janeo Melanias, que além de ser secretário municipal de Educação, e um conhecido professor da rede estadual. 

Galeria de Fotos


7Segundos achado de cadáver Arapiraca Caso Hudson Hudson Melanias São Sebastião

Veja Também

Comentários