Inacabadas

Prefeito anuncia Centro Novo, mas não conclui obras de 2017

Do total de 14 obras iniciadas na Gestão Teófilo, apenas três foram concluídas

POR: 7Segundos
Obra em avenida no bairro Canafístula foi iniciada há dois anos e não foi concluída
Ewerton Silva/ 7Segundos

A prefeitura de Arapiraca fez grande alarde para a assinatura de ordens de serviço para o projeto do Centro Novo, mas nem mesmo obras iniciadas no primeiro ano de gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) foram concluídas. Segundo informações que constam no Portal da Transparência do município, em três anos de mandato, foram iniciadas em Arapiraca apenas 14 obras públicas.

Destas, duas iniciadas em 2017, que deveriam ter sido concluídas no primeiro semestre do ano seguinte, permanecem "em execução". Uma delas é a reforma, modernização, e implantação de equipamentos esportivos na praça Afrânio Salgado Lajes, a conhecida Praça da Rodoviária ou Praça do Skate, no bairro Jardim Tropical. A obra, orçada em R$ 821.381,68, com recursos federais e uma contrapartida do município, foi iniciada em 22 de novembro de 2017 e deveria ter sido concluída em 180 dias. 

Iniciada na mesma data, a obra e serviços de urbanização e paisagismo da Avenida Antônio Feliciano, no bairro Canafístula, também tinha prazo de 180 dias para ser concluída, mas dois anos depois, continua "em execução". A obra tem valor total de R$ 937.189,83 entre recursos federais e municipais (veja magens na galeria abaixo)

Do total de 14 obras públicas que constam no portal, a construção da Uunidade de Pronto Atendimento (UPA) aparece como paralisada e apenas três delas foram concluídas: as reformas das escolas Pontes de Miranda e Tibúrcio Valeriano e integração da rede de esgoto do Bosque das Arapiracas ao coletor-tronco do riacho Piauí.

Há um total de dez obras em situação de execução. Além das citadas acima, que foram iniciadas em 2017, outras seis de 2018 e mais duas de 2019 - todas elas com prazo de conclusão atrasado. 
 

Com a lentidão para a execução das obras em Arapiraca, os empresários do Centro Novo - apesar de animados de finalmente Rogério Teófilo cumprir a promessa de campanha - temem ter as vendas prejudicadas, já que não dá para confiar que a obra será concluída dentro do prazo. A ordem de serviço foi assinada na manhã desta segunda-feira (30), mas em entrevista Rogério Teófilo já adiantou que os operários só começam a trabalhar, de fato, no dia 10 de janeiro.

De acordo com Teófilo, a obra compreende a construção de um estacionamento na frente do ginásio municipal - que irá substituir o espaço de estacionamento na rua do Comércio - banheiros e até mesmo a escada rolante, para levar as pessoas do estacionamento ao Centro. A obra deverá ser executada com recursos do Ministério do Turismo e Desenvolvimento e emendas parlamentares. A Lei Orçamentária Anual estabelece que a obra irá custar um total de R$ 5.432.266,00. O projeto Centro Novo, no entanto, aparece no orçamento anual de Arapiraca desde 2018. Naquele ano e em 2019, a prefeitura previa gastar R$ 5.653.850.00.

Galeria de Fotos


7Segundos Arapiraca atraso em execução Avenida Antônio Feliciano Canafístula centro novo Obra Obras inacabadas ordens de serviço praça da Rodoviária Praça do Skate prefeitura de Arapiraca UPA

Veja Também

Comentários