Decisão judicial

Justiça decreta prisão preventiva do prefeito de Maribondo Leopoldo Pedrosa

A Justiça também negou o pedido de liberdade apresentado pela defesa

POR: 7Segundos
Leopoldo Pedrosa
Divulgação/Redes Sociais

Nesta segunda-feira (23), a Justiça negou o pedido de liberdade, apresentado pela defesa do prefeito de Maribondo, Leopoldo César Amorim Pedrosa. Ele foi preso na última sexta-feira, 20, em Arapiraca, em cumprimento ao mandado expedido pela 4ª Vara Criminal de São Miguel dos Campos. No momento da abordagem, ele estava com uma pistola. Além de negar a soltura solicitada pela defesa, a juíza Clarissa Oliveira Mascarenhas, plantonista da 2ª Vara de Arapiraca, ainda converteu a prisão temporária em preventiva.

O mandado de prisão foi em decorrência da investigação sobre o envolvimento de Leopoldo César Amorim Pedrosa no homicídio do corretor de imóveis Gerson Gomes Vieira, fato ocorrido em 2015. A situação do prefeito foi agravada devido a quantidade de droga encontrada na residência dele, em Maribondo, onde os policiais civis fizeram buscas e localizaram quase um quilo de cocaína e cadastro de eleitores.

A decisão

"Quanto aos requisitos fáticos e normativos, tem-se em mira delito de tráfico de drogas crime doloso que nos termos do art. 33 da lei n. 11.343/06, não admite a concessão de fiança. A prisão preventiva do conduzido é, no presente momento, a única medida suficiente para garantir a ordem pública, tendo em vista que o preso é contumaz na prática de crimes graves, já tendo sido preso outras vezes por aplicação da lei 11.340, porte de arma, inclusive com mandado de prisão pela suposta prática de homicídio," informa a decisão da juíza Clarissa Oliveira Mascarenhas, plantonista da 2ª Vara de Arapiraca.

"Por outra monta deve ser levado em consideração a quantidade e o tipo de substância entorpecente que fora apreendia em poder do réu. Soltá-lo, com certeza, será um incentivo a continuar praticando novos crimes, agredindo a paz social, a incolumidade das pessoas," destaca a juíza em outro trecho.

 

7Segundos Arapiraca arma cocaina drogas leopoldo pedrosa liberdade Maribondo preso Preventiva

Veja Também

Comentários