Eleições 2020

Xadrez político: número de candidatos à prefeitura de Arapiraca pode chegar a dez

Grupos políticos se articulam para eleições no segundo maior município de Alagoas

POR: 7 Segundos
Comissionados da Prefeitura de Arapiraca estão com salários atrasados pelo quarto mês consecutivo
Reprodução

Arapiraca poderá ter até dez candidatos à prefeitura de Arapiraca e mais de 200 à Câmara nas eleições do ano que vem. Enquanto os grupos políticos ligados ao município e ao governo estadual ainda não definiram seus representantes no pleito, outros partidos já sairam na frente e apresentaram seus pré-candidatos.

Além dos nomes já declarados, como o da vice-prefeita Fabiana Pessoa (Republicanos), anunciada pelo marido, o deputado federal Severino Pessoa (Republicanos); e de Cícero Valentim (PSD), mesmo partido do deputado federal Marx Beltrão (PSD), vários outros partidos já estão definindo seus pré-candidatos.

O PCdoB decidiu, em assembléia, pela candidatura do professor Saulo Oliveira. Ele tem 29 anos e atualmente leciona História e Filosofia em escolas particulares em Arapiraca. Foi integrante do Diretório Central dos Estudantes (DCE), no período em que era aluno da Uneal, e em 2016 foi candidato a vereador.

Além dos futuros candidatos "declarados", também é dada como certa a candidatura de Hector Martins, atual presidente da OAB/Arapiraca. O advogado não está filiado a nenhum partido político e não confirma intenção de disputar a eleição, mas nos bastidores o que se fala é que ele tem sido assediado por partidos que buscam ganhar espaço no município.

Do antigo diretório do PSL municipal, que já estava rachado antes da desfiliação de Jair Bolsonaro, podem surgir duas candidaturas: Pedro Carlos e Cláudio Canuto.Os dissidentes da legenda devem migrar para o partido a ser criado pelo presidente, mas Pedro Carlos está junto à UDC, para não correrem o risco de ficarem impossibilitados de disputar as eleições. Canuto, por exemplo, estaria articulando junto ao Avante.

Outros três nomes também estão na "roda": do professor Odilon Tenório (PTC), do empresário Ricardo Marques (Pros) e de Cícero da Padaria. Todos esses candidatos poderão disputar a preferência dos eleitores com o próprio prefeito Rogério Teófilo (PSDB) - embota sua candidatura à reeleição não esteja definida - e com o candidato do grupo do governador Renan Filho (MDB), que poderá ser o ex-prefeito Luciano Barbosa ou o deputado estadual Ricardo Nezinho.

Nesse xadrez político, pelo menos por enquanto, não se fala em coligações partidárias e de candidatos a vice-prefeito, então é possível que, entre esses nomes, alguns se juntem para compor chapas. Mas é dado como certo que as eleições do ano que vem podem ser uma das mais disputadas na história e, como Arapiraca não tem quantidade de eleitores suficientes para a realização de segundo turno, os votos serão pulverizados e disputados um a um.

Por conta disso, existe a possibilidade de o candidato obter vitória com menos de um terço dos votos válidos e, por isso, distante de ser uma unanimidade, provavelmente terá que lidar com uma forte oposição.

Arapiraca candidato à prefeitura Cícero da Padaria Cícero Valetim Claudio Canuto eleições 2020 Fabiana Pessoa Hector Martins Luciano Barbosa Odilon Tenório Pedro Carlos prefeitura de Arapiraca Ricardo Marques Ricardo Nezinho Rogério Teófilo Saulo Oliveira

Veja Também

Comentários