Brasil

Advogado é assassinado e mulher morre ao receber a notícia

Homem foi alvejado com três tiros e suspeito ainda é desconhecido. Casal morava em São João de Meriti, na Baixada Fluminense

POR: Metrópoles
Advogado é assassinado e mulher morre ao receber a notícia
Reprodução

Um casal morreu na sexta-feira (08/11/2019) em circunstâncias que ainda são um mistério para a Polícia Civil no Rio de Janeiro. O advogado Jorge Pires Vieira, de 67 anos, foi assassinado com três tiros dentro de casa, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Horas após o crime, a mulher dele, Márcia Menezes, passou mal e faleceu.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), os tiros acertaram o tórax, abdômen e costas da vítima. Nenhum objeto do casal foi levado da casa. A arma usada no crime também foi deixada pelo assassino, que ainda não foi identificado. As circunstâncias da morte de Jorge Pires seguem desconhecidas.

Assim que soube da morte do marido, Márcia Menezes se sentiu mal. Ela foi levada às pressas para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), mas sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e não resistiu.

Segundo o jornal Extra, parentes relataram que a mulher, que era uma professora aposentada, sofria de depressão e fazia uso de medicamentos. Parentes e pessoas próximas aos dois devem ser ouvidas ainda nesta semana. Jorge Pires e Márcia Menezes foram sepultados no domingo (10/11).

 

7Segundos Advogado assassinado Casal Marido morre mulher rio de janeiro

Veja Também

Comentários