ENEM 2019

Redação do Enem 2019 tem o tema democratização do acesso ao cinema no Brasil

1º dia de provas termina às 19h

POR: Agência Brasil
Enem 2019: inscrições encerram na sexta-feira (17)
Agência Brasil

Democratização do acesso ao cinema no Brasil é o tema da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2019. O 1º dia de prova é neste domingo (3.nov.2019). Desde as 13h30, os participantes do exame fazem, além da redação, as provas de linguagens e ciências humanas. O exame termina às 19h, no horário de Brasília.

O tema da redação foi anunciado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, pelo Twitter. “Esse é o tema, estou aqui em Palmas, capital do estado de Tocantins, no colégio da Polícia Militar conferindo se o Enem está indo tudo bem. Tudo 100%, zero de atraso, zero de problemas, tudo caminhando para ser o melhor Enem de todos os tempos“, disse, em vídeo.

A prova de redação é a única subjetiva do exame e 1 bom desempenho pode ser decisivo para os candidatos. Cada redação é corrigida por duas pessoas. Elas dão notas de 0 a 200 para cada uma das cinco competências avaliadas no Enem. A nota final é a média aritmética das duas notas.

Caso haja diferença entre as notas de mais de 100 pontos na nota final ou de mais de 80 pontos em qualquer uma das competências, a redação passa pela análise de 1 terceiro avaliador.

Se a diferença entre as notas dadas se mantiver, a redação é avaliada por uma banca presencial composta por 3 professores, que define a nota final do participante.

As 5 competências avaliadas na redação do Enem são:

Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa;

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

MOTIVOS PARA ZERAR A REDAÇÃO

A nota zero na redação impede o candidato de participar de processos seletivos do Ministério da Educação como o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que seleciona estudantes para vagas em universidades públicas, e o ProUni (Programa Universidade para Todos), que oferece bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior, além do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

De acordo com o Inep, instituto responsável pela aplicação das provas, a redação receberá nota zero se apresentar uma das características a seguir: fuga total ao tema, não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa, texto de até 7 linhas, cópia integral de textos da prova de redação ou do caderno de questões, impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação em qualquer parte da folha de redação, números ou sinais gráficos fora do texto e sem função clara ou parte deliberadamente desconectada do tema proposto.

Veja os temas da redação de edições anteriores:

Enem 2009: O indivíduo frente à ética nacional

Enem 2010: O trabalho na construção da dignidade humana

Enem 2011:  Viver em rede no século XXI: Os limites entre o público e o privado

Enem 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI

Enem 2013:  Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil

Enem 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil

Enem 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira

Enem 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil e Caminhos para combater o racismo no Brasil (nesse ano, houve duas aplicações do exame)

Enem 2017: Desafios para formação educacional de surdos no Brasil

Enem 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

 

Ancine Audiovisual Brasil cinema Corte educação enem 2019 redação setor

Veja Também

Comentários