Trágico

Filho de mulher que teve dedos decepados em assalto morre em Arapiraca

Jovem teria sofrido um infarto e já estava morto quando socorro chegou

POR: 7 Segundos
Três meses depois de ser vítima de um brutal assalto, Marizete perde o filho
Reprodução

O jovem identificado apenas como Júnior, filho de Marizete Maria Oliveira - que teve dois dedos da mão decepados em um assalto ocorrido em julho - morreu de causas naturais na madrugada de sexta para sábado.

De acordo com informações de pessoas próximas à família, ele estava em casa e começou a sentir-se mal. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionado, mas os socorristas atestaram que o jovem já estava morto. As suspeitas são que um infarto foi a causa da morte.

Até por volta do meio-dia deste sábado (26), o corpo permanecia na residência da família, que procurava um médico para confeccionar atestado de óbito. Como se trata de morte clínica, o corpo não é recolhido pelo o IML e o atestado de óbito pode ser dado por um médico ou pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO), em Maceió.

Júnior foi a primeira pessoa que encontrou Marizete após o assalto à oficina mecânica que pertence à família, no final de julho. Ele concedeu entrevista para o 7Segundos e falou sobre o choque ao ver a mãe desmaiada após o crime, A mãe dele vinha fazendo trabalho de reabilitação e de acompanhamento psicológico, oferecido pela OAB/Arapiraca, para se recuperar do trauma.

Mais informações em instantes.

Arapiraca dedos decepados infarto fulminante morte natural

Veja Também

Comentários