Outubro Rosa

Prevenção do câncer de mama é discutido em roda de conversa no Ifal de Palmeira dos Índios

Projeto ˜Prevenção além da cor" prossegue em novembro, com ações voltadas ao câncer de próstata

POR: Assessoria
Roda de conversa lotou auditório do Ifal em Palmeira dos Índios
Assessoria

Em uma roda de conversa, nos três turnos, a equipe de Assistência Estudantil do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Palmeira dos Índios, convidou profissionais da área de saúde para falar da importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. A ação faz parte do projeto “Prevenção além da cor”, voltado à discussão de diversos tipos de câncer, independentemente das cores e meses alusivas a ele.

O evento foi realizado nesta quarta, 23, e teve a participação de profissionais no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) da Prefeitura Municipal: Werlândia Duarte (fisioterapeuta), Rosângela Gonçalves (enfermeira), Soraya Albuquerque (assistente social), além da equipe de Assistência Estudantil do campus: Celsa Tenório e Cícera Albuquerque, ambas enfermeiras e Fátima Carnaúba (psicóloga).

Em sua fala, Werlândia lembrou que o câncer de mama é o segundo que mais mata pessoas no Brasil, por isso a prevenção e a promoção de ações de saúde são fundamentais para a redução dessas estatísticas.

“O município dispõe hoje de um programa voltado à detecção do câncer de mama, através do uso da mamografia, disponível para mulheres de 50 a 69 anos. Este exame deve ser realizado a cada dois anos, por conta das radiações, que feitas em grande frequência também pode causar a doença. Essas mulheres podem procurar o posto de saúde mais próximo e solicitar a guia. Este mês, o exame está aberto para todas as mulheres, independente de idade”, frisou a fisioterapeuta.

Como o público da ação foram os alunos e alunas do Ifal dos cursos técnicos e superiores, em sua maioria com idade entre 14 e 25 anos, ela lembrou que a prevenção para esses jovens pode se dar através de atividades físicas regulares, manutenção do peso corporal, alimentação saudável, entre outros. “Para aquelas jovens que já são mães, lembramos que a amamentação previne o câncer de mama, como também a obesidade infantil”, frisou Werlândia.

Durante o evento, houve a participação durante todo o dia dos estudantes do curso técnico em Enfermagem do Centro Profissionalizante de Alagoas (Ceproal). Eles estiveram com ações de aferição dos sinais vitais da comunidade acadêmica do campus e explanações sobre o autoexame das mamas.

Em novembro, as ações do “Prevenção além da cor” seguem, desta vez voltadas ao câncer de próstata.

câncer câncer de mama Ifal Ifal Palmeira Outubro Rosa Palmeira dos Índios

Veja Também

Comentários