polícia

Caso Ágatha: bala pode ter batido em poste antes de atingir menina

Dos 11 policiais que participaram da ação que resultou na morte de Ágatha, apenas dois resolveram participar da reconstituição

POR: r7.com
Reconstituição aconteceu na noite de terça
(1) Reprodução / Record TV Rio

A Polícia Civil investiga a possibilidade da bala que atingiu a menina Ágatha Félix, possa ter resvalado em um poste de energia antes de atingir a vítima. Ao menos oito testemunhas participaram da reconstituição, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, na noite de terça-feira (1).

“Nós já sabemos que ali próximo ao local que ocorreu o fato, tem um poste, que apresenta sinais de disparos de arma de fogo. Há uma possiblidade desse disparo ter sido efetuado em direção deste poste e ter sido resvalado e atingido a menina”, disse o delegado Antonio Ricardo Nunes, que está à frente das investigações.

Dos 11 policiais que participaram da ação que resultou na morte de Ágatha, apenas dois resolveram participar da reconstituição após duas horas dos trabalhos da Polícia Civil ter começado.

A mãe da vítima chegou até ir ao local, mas passou mal e teve que retornar para casa.

criança militares morte rio

Veja Também

Comentários