POLÍTICA

Damares critica reportagem sobre discurso na Hungria: ‘Onde ataquei homossexuais?’

‘Falei contra ideologia de gênero’, diz ministra

POR: Poder 360
Ministra Damares Alves faz vistoria em aeronaves abandonadas da Funai
Agência Brasil

A ministra Damares Alves (Mulher, da Família e dos Direitos Humanos), usou o Facebook para criticar, neste sábado (21.set.2019), uma publicação que o portal de notícias Uol fez sobre o discurso da ministra na 3ª Cúpula da Demografia de Budapeste, na Hungria, realizada em 5 de setembro. “Este jornalista já passou dos limites comigo“, reclamou.

Intitulada de “Com Damares, ‘Cúpula da Demografia’ ataca ONU, feminismo e homossexuais”, a reportagem relata que os discursos pregados pela maioria dos palestrantes convidados “iria muito além do debate sobre demografia” –como o caso do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, que sugeriu uma maior aproximação de Deus e a promoção de famílias mais numerosas pela população europeia.

Damares queixou-se do título da reportagem: “Onde eu ataquei homossexuais em meu discurso?”.

“Eu falei contra a ideologia de gênero que prega que ninguém nasce gay, uma ideologia que afronta o movimento homossexual. Meu discurso foi postado aqui [no Facebook] na íntegra. Ou o tal jornalista não assistiu o vídeo e está recebendo informações sem conferir ou está agindo de má fé“, defendeu a ministra.

Para o ministério liderado por Damares, o objetivo do evento era “discutir a demografia, 1 dos maiores desafios da era atual, porque o futuro depende de pessoas que permaneçam fundamentadas nos princípios éticos”. No discurso, Damares afirmou que “o presidente Jair Bolsonaro quer trazer o Brasil para o cenário mundial como 1 país pró-família e pró-vida“. Ela mencionou ainda que, pela 1ª vez, “a nação tem 1 Ministério da Família“.

Brasil damares Discurso hungria ideologia Política

Veja Também

Comentários