em Brasília

Marx apela por recursos para conclusão de duplicação da BR 101 em Alagoas

Segundo DNIT, recursos não estão 100% garantidos

POR: Assessoria
Deputado federal Marx Beltrão (PSD)
Assessoria

Arrastando-se há anos e aguardando conclusão, as obras de duplicação do trecho alagoano da BR 101 podem demorar ainda mais para serem concluídas. Integrantes da bancada federal alagoana já foram informados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) que os recursos para o andamento dos trabalhos no estado não estão 100% garantidos. Caso esta previsão se cumpra, Alagoas terá que esperar ainda mais tempo para ver a principal rodovia federal do estado devidamente duplicada.

Em pronunciamento na Comissão Externa de Obras Inacabadas da Câmara, da qual é membro, o deputado federal Marx Beltrão fez um apelo e uma cobrança ao governo federal. “Alagoas necessita ver esta obra concluída com o máximo de urgência e o governo do presidente Bolsonaro precisa se sensibilizar para a importância deste trabalho avançar, e ser finalizado, em nosso estado. Vamos percorrer ministérios e acionar o Palácio do Planalto a fim de garantir estes recursos. A conclusão da duplicação da BR 101 tem que ser uma das prioridades da União em Alagoas”, disse o parlamentar.

Ainda de acordo com Beltrão, que coordena a bancada alagoana no Congresso Nacional, o problema é mais amplo porque o próprio “DNIT já reconheceu que obras estruturantes no país, sobretudo em rodovias federais, podem ser paralisadas em breve por falta de recursos. O Congresso terá a chance de impedir que isso ocorra, o que pode piorar ainda mais o atual cenário da infraestrutura e conclusão de obras públicas pelo país. Vamos trabalhar para assegurar que esses equipamentos fundamentais para o país tenham recursos garantidos para serem finalizados e entregues à população”, afirmou o deputado.

Duplicação da BR 101

No Nordeste, as obras de duplicação da BR-101 vão de Natal (RN) até Feira de Santana (BA). São 1.047,7 quilômetros, interligando 69 municípios, incluindo seis capitais, beneficiando diretamente mais de 15 milhões de pessoas. Em fevereiro, o governo federal inaugurou em São Miguel dos Campos mais um trecho duplicado da BR-101. Entretanto, dos 249 quilômetros da obra no estado, ainda restam duplicar cerca de 60 quilômetros da rodovia.

Com R$ 1,8 bilhão de investimentos, as obras de duplicação na BR-101 de Alagoas foram divididas em seis lotes, todos feitos em pavimento em concreto. Já foram totalmente concluídos os Lotes 2, 3, 6 e 7, que totalizam 156 km. Antes de fevereiro deste ano, a última entrega havia ocorrido em março de 2018.

Alagoas Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) duplicação da BR 101 Marx Beltrão

Veja Também

Comentários