Críticas

Renan Filho: "prefeitura de Arapiraca não está suportando cumprir seus compromissos"

Em reinauguração de escola na manhã desta quarta-feira (28), governador volta a alfinetar prefeito Rogério Teófilo

POR: 7 Segundos
Governador afirma que prefeito joga para os ouros responsabilidade por problemas
Ewerton Silva/ 7Segundos

O governador Renan Filho (MDB) voltou a tecer críticas à gestão do prefeito Rogério Teófilo (PSDB) ne solenidade de reinauguração de uma escola restaurada no bairro Baixa Grande. Em entrevista coletiva antes da cerimônia, o governador falou que os repasses do Estado para os hospitais de Arapiraca estão em dia e disse que a prefeitura não assume responsabilidade pelos problemas no município.

"Não há nenhum atraso a pagamento a hospitais de Alagoas. Este ano colocamos todo o fluxo em dia. A prefeitura de Arapiraca é que não está suportando cumprir seus compromissos. Não entrega suas obras, tem uma UPA que começou a ser construída há um tempão e ele não conclui nunca e, ao invés de assumir a responsabilidade, fica passando para os outros. Isso é uma característica do PSDB. Esse partido não faz o que deve e tenta responsabilizar terceiros", declarou.

E a alfinetada não parou por aí. Em relação às críticas feitas pela prefeitura de que o Estado não estaria investindo o percentual legal na Saúde, Renanzinho respondeu listando as obras que já foram executadas pelo Estado nessas áreas. 

"Quando assumi o governo, o Samu de Arapiraca nem ambulâncias tinha e nós compramos com recursos próprios, não ficamos esperando por se tratar de um programa do governo federal. Compramos ambulâncias para todos os municípios, incluindo Arapiraca. Triplicamos a Unidade de Emergência do Agreste. Estava conversando com o Luciano [Barbosa] e com os provedores do Hospital Regional lembrando que quando assumi, eles recebiam bem pouquinho do Estado e nós mais que quadruplicamos o recurso", disse.

O governador justificou não ter investido ainda em um novo hospital em decorrência da carência de outros municípios na Saúde. Segundo ele, a situação no Alto Sertão e na Região Norte era "bem pior" e que a situação de Arapiraca estava acima da média, se comparado aos demais municípios do interior. "Mas vamos avaliar a possibilidade de construir um grande hospital regional, em um porte bem maior que os já existentes para atender Arapiraca e os municípios do Agreste. Isso o Luciano e eu não tínhamos prometido, não estava na nossa agenda, mas vamos caminhar para isso", declarou, ressaltando que após a conclusão do Hospital da Mulher, em Maceió, o Estado terá possibilidade de fazer novos investimentos na Saúde.
 

Arapiraca construção de hospital Governo do Estado prefeitura de Arapiraca Renan Filho Rogério Teófilo saúde UPA paralisada

Veja Também

Comentários