Apoio

OAB/Arapiraca ajuda vítima de assalto que teve dedos decepados e faz campanha para ajudar a família

A advogada Cristiane Lúcio, presidente da Comissão da Mulher faz visitas frequentes à família

POR: Assessoria
A advogada Cristiane Lúcio, presidente da Comissão da Mulher faz visitas frequentes à família
Assessoria

Além de acompanhar as investigações policiais, a OAB/Arapiraca também está dando assistência a Marizete Maria Oliveira, que teve dois dedos arrancados durante assalto ocorrido no dia 27 de julho. A advogada Cristiane Lúcio, presidente da Comissão da Mulher faz visitas frequentes à família e providenciou remédios, entrega de doações e deu início a uma campanha com o objetivo de arrecadar recursos para que a família possa pagar as contas que se acumulam. 

“A situação dela e da família nos deixaram sensibilizadas. São cinco pessoas: ela, o marido, a mãe dela, e o filho com a esposa, cuja única fonte de sustento é a oficina. Eles são bem unidos e estão abalados demais com tudo que aconteceu. Ficamos sensibilizados e estamos buscando ajudar no que é possível”, afirmou Cristiane Lúcio.

A advogada está acompanhando a mulher em consultas médicas e providenciando os remédios necessários. Além disso, a OAB/Arapiraca conseguiu também acompanhamento para a vítima com a psicóloga Thayse Dules. “Estou em contato com a família todos os dias e é comovente ver como todos estão dedicados à recuperação dela. Eles se revezam para que ela não fiquem sozinha e fazem de tudo para que ela se sinta confortável e não enfrente dificuldades no dia-a-dia. Com todo esse carinho e apoio que ela tem, com certeza vai conseguir superar esse momento difícil”, ressaltou.

Na semana passada, durante evento alusivo ao Agosto Lilás, a Comissão da Mulher se colocou à disposição do delegado do caso, Thales Silva Araújo para auxiliar no que for necessário. No evento, também foram arrecadados alimentos, que foram entregues à família na semana passada. Mas eles precisam também de ajuda financeira. Cristiane Lúcio conta que o dinheiro roubado pelos assaltantes era um adiantamento por um serviço feito na oficina e parte dele serviria para comprar peças da motocicleta do cliente. “O lucro que eles teriam com o serviço seria usado para pagar o aluguel e outras contas da família. Eles ficaram sem pegar essas contas e ainda precisam repor o cliente”, conta.

Quem quiser ajudar a família com doações em dinheiro pode fazer depósito de qualquer valor na conta poupança de Marizete Maria Oliveira na Caixa. Agência: 0056 Operação: 013, na conta de número 37525-7.

“O que a Comissão da Mulher e a Comissão de Direitos Humanos estão fazendo é uma missão muito especial dentro do sistema de justiça. É efetivar os direitos no sentido mais puro da palavra. É garantir que a justiça seja feita, não só em relação aos infratores, mas também em relação à vítima, garantindo o básico para a sua vida e ajudando no processo de recuperação”, ressaltou o presidente da OAB/Arapiraca, Hector Martins.

Para doações: Caixa/Conta Poupança
Titular: Marizete Maria Oliveira
Agência/Operação: 0056/013
Conta: 37525-7

Arapiraca campanha decepados dedos OAB

Veja Também

Comentários