Greve Geral: Metrô funciona parcialmente em São Paulo

Foram criadas algumas linhas que operam em caráter emergencial na Zona Norte, Zona Sul e Zona Leste da capital paulista

POR: Revista Fórum
Foram criadas algumas linhas que operam em caráter emergencial na Zona Norte, Zona Sul e Zona Leste da capital paulista
Cut

Nestas primeiras horas de uma jornada de sexta-feira (14), marcada pela Greve Geral convocada pelas centrais sindicais brasileiras, a cidade de São Paulo registra paralisação parcial no transporte público.

O Metrô de São Paulo está funcionando com a Linha 15 – Prata paralisada e algumas outras em ritmo mais lento, segundo informações oficiais. A CUT São Paulo mostra fotos em suas redes sociais de algumas estações da Linha 3 – Vermelha que estão fechadas, como a Corinthians-Itaquera.

A empresa SPTrans comunicou, nas primeiras horas do dia, que o sistema municipal de transporte público está operando com 92% da sua frota de veículos, cobrindo 100% das 1207 linhas previstas para operar no horário da manhã. Porém, segundo o portal UOL, também baseado em informações difundidas pela própria empresa, foram criadas algumas linhas que operam em caráter emergencial, nos trechos Tucuruvi/Correios (operando com 7 ônibus articulados) e  Santana/Correios (mais 7 ônibus), ambas com cobrança de tarifa.

Na Zona Sul, também teria sido criada uma linha complementar, com 12 ônibus articulados, no trajeto entre as estações de metrô Jabaquara e Paraíso, e também com cobrança de tarifa. A empresa de transporte assegura também que houve reforço de 20 veículos superarticulados na frota da linha 4310/10 entre o Metrô Itaquera e o terminal Parque D. Pedro II, totalizando uma frota de 66 coletivos em operação em toda a Zona Leste da capital.

Geral greve metrô São Paulo

Veja Também

Comentários