Em Arapiraca

Ligação clandestina em placa causou descarga elétrica, diz Equatorial

Vítima diz que local do acidente permanece sem manutenção

POR: 7 Segundos
Fita de isolamento em volta do poste caiu: risco de choque elétrico para as pessoas que circulam no local
Reprodução

A Equatorial Alagoas esclareceu que a descarga elétrica, que deixou uma mulher ferida no último sábado (27), foi causada por uma ligação clandestina na placa do restaurante localizado na Avenida José Alexandre, em Arapiraca.

Por meio de nota, a distribuidora informou  que enviou uma equipe para analisar a causa dos choques e que atitude do estabelecimento comercial é ilegal.

A vítima Elineide Borba, que passou por duas internações em decorrência do choque elétrico que sofreu ao encostar no poste, disse que nenhuma manutenção foi feita no local do acidente.

"Passei por lá e a fita que isolava a área estava no chão e tem um fio verde caído próximo ao poste. Não sei se o fio está ligado, não tive coragem de chegar perto. Como o local é uma passagem muito usada pelas pessoas que moram na região, o risco é grande", afirmou Elineide Borba.

Na manhã do sábado (27 de abril), a mulher - que é funcionária contratada do Hospital de Emergência do Agreste - estava indo para o trabalho, que fica do outro lado da avenida, quando sofreu uma forte descarga ao passar pelo local. "No momento em que encostei, fui arremessada. Perdi os sentidos porque quando eu abri os olhos já estava rodeada de pessoas. Fui socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital de Emergência e fiquei internada na área vermelha", conta.

A funcionária recebeu alta na segunda-feira, mas na quarta-feira voltou a ser internada após sofrer fortes dores de cabeça e vômitos. "O clínico que me atendeu disse que meu organismo ainda estava reagindo à descarga elétrica. Ele disse também que como faço exercícios físicos, meu coração é mais forte. Se aquele choque tivesse atingido uma pessoa sedentária, talvez não tivesse resistido", relatou.

Justamente por conta disso, Elineide Borba demonstra preocupação com com o poste de energia, que fica ao lado de um restaurante desativado. Segundo ela, os moradores da região costumam passar bem próximo ao poste quando querem atravessar as pistas da AL-220.

Nota da Equatorial Alagoas

A Equatorial Alagoas esclarece que enviou uma equipe técnica para inspecionar o poste próximo a um restaurante situado em frente a Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca. Após a análise, a equipe constatou que, na verdade, a causa dos choques seria uma ligação clandestina da placa do restaurante feita diretamente na rede elétrica. 

A Equatorial informa ainda que tal atitude é ilegal, e coloca a vida das pessoas em risco. A ligação irregular já foi desfeita, e tanto o poste quanto a rede elétrica da Equatorial, estão dentro de todos os padrões técnicos de segurança.

A Companhia ressalta ainda que sempre que o cidadão precisar entrar em contato para informar sobre problemas relacionados a postes, pode fazê-lo por meio do telefone 0800 082 0196. A ligação é gratuita. Deve-se informar o endereço com ponto de referência, para que a Equatorial envie uma equipe ao local exato da ocorrência, e tome as providências necessárias para solucionar todo e qualquer problema que ofereça riscos à população.

AL-220 Arapiraca avenida josé alexandre choque elétrico descarga elétrica equatorial HEA hospital de emergência do agreste

Veja Também

Comentários