Condições de trabalho

Sem computador, agentes de saúde de Arapiraca tem repasse cortado

Para Secretaria Municipal de Saúde, falta de condições de trabalho "não é justificativa"

POR: 7 Segundos
Prefeitura de Arapiraca
Reprodução

Sete agentes comunitários de saúde tiveram os repasses do Ministério da Saúde cortados devido a falta de condições de trabalho. De acordo com portaria publicada no dia 14 de março no Diário Oficial da União, o ministério jutifica que a competência financeira referente a janeiro de 2019 para esses trabalhadores foi suspensa porque eles não encaminharam, no prazo estabelecido, as informações sobre a produção de trabalho referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2018.

A portaria, que traz em anexo todos os municípios onde houve cortes nos repasses, mostra que Arapiraca foi o único dos 102 municípios a sofrer com o corte nos repasses devido a falta de alimentação no Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (Sisab).

O problema, de acordo com o presidente Sindicato dos Servidores Públicos Metropolitano, Anselmo dos Santos, aconteceu porque os sete trabalhadores não tiveram acesso a computadores nas Unidades Básicas de Saúde em que trabalham e, por conta disso, não conseguiram inserir as informações no Sisab dentro do prazo estabelecido.

"O município não cortou o salário desses sete servidores porque entendeu que eles não tiverm como incluir as informações sem ter um computador para trabalhar. Eles garantiram que esses sete não irão ficar sem salário", informou Anselmo dos Santos.

Segundo ele, esta foi a primeira vez que a prefeitura de Arapiraca sofreu corte no repasse aos agentes comunitários por falha no envio da produção do Sisab, mas afirmou que o problema pode voltar a se repetir. "É preciso disponibilizar computadores nas UBS para que os agentes de saúde possam trabalhar", disse.
 
De acordo com a prefeitura de Arapiraca, a falta de computadores não é justificativa para que os agentes não enviem sua produção para a plataforma. Veja a íntegra da nota abaixo:

NOTA - PREFEITURA DE ARAPIRACA

A Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que está ciente do corte nos repasses para sete agentes comunitários de saúde do Município. De acordo com a pasta, a falta de computadores em algumas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) não justifica o ocorrido

Todo ACS é orientado, em caso de problemas com sua produção, informar imediatamente o ocorrido ao gerente da unidade, que direciona a demanda para a Superintendência de Atenção à Saúde, o que não ocorreu no caso dos sete servidores.

A secretaria de Saúde está realizando um levantamento para apurar o real motivo para o não registro das suas respectivas produções, haja vista que os servidores citados não apresentaram a incapacidade de alimentar o sistema à pasta.

ACS agentes comunitários de saúde bloqueio de repasse falta de condições de trabalho Ministério da Saúde prefeitura de Arapiraca secretaria de saúde de arapiraca Sindicato dos Servidores Públicos Metropolitano Sisab União Unidades Básicas de Saúde

Veja Também

Comentários