Durante festa

Suposto integrante do PCC é executado em Delmiro

Polícia acredita que crime pode estar relacionado à disputa entre facções rivais

POR: Correio Notícias e 7Segundos
Vítima foi atingida por disparos de arma de fogo
Ilustração

O assassinato de Felype Silva, 26, ocorrido na noite de sábado (23), na localidade conhecida como “Quarenta e Quatro”, na zona rural de Delmiro Gouveia, pode estar relacionado à disputa entre facções rivais pelo comando do tráfico de drogas no município sertanejo. O jovem, de acordo com a Polícia Civil, teria ligação com o PCC.

A vítima foi assassinada a tiros durante uma festa, na presença de várias pessoas, mas as testemunhas não ajudaram a polícia na identificação dos autores do crime. Até a manhã deste domingo, tudo que a polícia sabia sobre o homicídio é que os acusados invadiram a festa, atiraram na vítima e em seguida fugiram.

Felype Silva morava no conjunto habitacional Selma Coco, mais conhecido como 369 Casas, uma das regiões mais perigosas de Delmiro Gouveia. Após o homicídio, a Polícia Militar foi acionada e adotou os procedimentos. Os peritos do Instituto de Criminalística estiveram no local e depois o corpo foi removido para o IML de Arapiraca.

O crime vai ser investigado pelo delegado regional de Delmiro Gouveia, Rodrigo Rocha Cavalcanti.

369 Casas Delmiro Gouveia disputa pelo tráfico Facção criminosa homicídio PCC tráfico de drogas

Veja Também

Comentários