Investigação

IML confirma que bebê de um mês morreu após traumatismo craniano em Arapiraca

Versão da família é de que menina teria sofrido um engasgo

POR: 7Segundos
Instituto de criminalística
Cortesia

O Instituto Médico Legal de Arapiraca atestou que a causa da morte da bebê de 1 mês, ocorrida no último sábado (16), em Arapiraca, foi provocada por traumatismo craniano, contrariando as informações fornecidas pela família.

Conforme os primeiros levantamentos sobre o caso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para uma residência no bairro Caititus, na tarde de sábado, para socorrer a pequena Kamily Vitória dos Santos, que - de acordo com os pais - teria sofrido um engasgo.

Ao chegar no local os socorristas apenas confirmaram o óbito. A Polícia Militar foi acionada para o local e adotou procedimentos cabíveis, isolando o local onde o corpo se encontrava para que técnicos da Perícia Oficial pudessem recolher elementos de investigação para o caso. O corpo da bebê foi encaminhada para o IML.

Os exames cadavéricos apontaram que a causa da morte de Kamily Vitória foi provocada por um traumatismo craniano. O laudo será encaminhado para a Polícia Civil, que está investigando o caso. 

Arapiraca bairro caititus IML de Arapiraca investigação policial laudo cadavérico morte de bebê necropsia Polícia Civil

Veja Também

Comentários