Rio São Francisco

Comitê do São Francisco, ANA e Chesf monitoram propagação dos rejeitos de Brumadinho

Entidades e companhia terão atividades impactadas pelo rompimento de barragem em Minas Gerais

POR: 7Segundos
Entidades estão preocupadas com impacto do rompimento da barragem no São Francisco
Divulgação

Antes mesmo do anúncio de que o rio São Francisco irá receber os rejeitos da barragem de Brumadinho em meados de fevereiro, o Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF), a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) já estavam monitorando a propagação da onda de lama, que já atingiu a nascente do rio Paraoapeba, que engloba 48 municípios e que tem, na sua foz, a represa de Três Marias.

A ANA, junto com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), está divulgando boletins diários sobre o impacto da ruptura da barragem do Complexo do Feijão, monitorando, inclusive, a qualidade da água em vários pontos do rio Paraoapeba.

A direção do CBHSF, desde o último sábado, solicitou que a Agência Peixe Vivo faça acompanhamento, em caráter emergencial, sobre a situação, mentando contato com as demais entidades e com órgãos do governo de Minas Gerais.

O presidente da entidade, Anivaldo Miranda,  também solicitou que seja analisado o tipo de apoio concreto que o CBHSF pode oferecer com os recursos oriundos da Cobrança pelo Uso da Água e dentro dos marcos legais à bacia hidrográfica do Rio Paraopeba e outras instituições públicas.

Por meio de nota, a Chesf informou que está acompanhando a disseminação da onde de rejeitos da barragem de Brumadinho. 

Veja a nota:

​A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) informa que vem monitorando, com toda atenção, a propagação dos rejeitos da barragem de Brumadinho.

A Diretoria está em contato direto com as entidades competentes de Minas Gerais e do Governo Federal, inclusive com a Agência Nacional de Águas (ANA).

As providências estão sendo adotadas para minizar os impactos no rio São Francisco.

Ana Barragem do Complexo do Feijão brumadinho CBHSF CHESF Rio São Francisco

Veja Também

Comentários