Imunização

Cobertura vacinal contra a febre aftosa foi de 95,56% em Alagoas

POR: Agência Alagoas e 7Segundos
Vacinação aftosa
Reprodução

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, iniciada no dia 1º de maio de 2018, teve cobertura vacinal de 95,56% do rebanho de bovídeos do Estado, o que corresponde a 1.042.673 animais vacinados, informou a Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal).

A prorrogação, aplicada diante da falta de vacinas nas revendas de produtos agropecuários por conta da greve nacional dos caminhoneiros, foi encerrada no último dia 20 de junho.

A Adeal informou que os 102 municípios alagoanos tiveram cobertura vacinal média do rebanho superior a 90%, apesar de terem ultrapassado o índice mínimo exigido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que é de 80%.

"O criador alagoano está de parabéns. Ele cumpriu com o seu papel vacinando os animais e declarando nos escritórios da Adeal. Apesar dos entraves durante a campanha, que chegou a ser prorrogada, conseguimos manter o índice de cobertura vacinal como um dos melhores do país”, declarou Augusto César Jatoba, presidente da Adeal.

O órgão de defesa alerta que o criador que deixou de declarar pagará, por propriedade, o equivalente a 30 Unidades Padrão Fiscal do Estado de Alagoas (UPFAL). Já o criador que também deixou de vacinar o rebanho deverá pagar uma multa dez UPFAL.

Enquanto não estiver com a situação regularizada junto a Adeal, o criador fica impossibilitado de retirar a Guia de Trânsito Animal (GTA) e, consequentemente, de transitar e ou comercializar os animais.

Alagoas Bovinos cidades Cobertura vacinal febre aftosa

Veja Também

Comentários