Adaptável

"A Voz do Brasil" terá horário de transmissão flexível

A medida visa permitir que as rádios escolham o melhor horário de transmissão em suas programações

POR: Folha Vitória
O presidente Michel Temer sanciona lei que flexibiliza horário de A Voz do Brasil
Agência Brasil

A lei que flexibiliza o horário de transmissão do programa 'A Voz do Brasil' foi sancionada pelo presidente da República Michel Temer, na manhã desta quarta-feira (4), em cerimônia no Palácio do Planalto. Agora, as emissoras de rádio poderão escolher o horário mais adequado para veiculação diária do noticiário, sendo no intervalo entre 19h e 22h, com duração de 1h, sem interrupção.

Durante o evento, que contou com a presença de radiodifusores de todo o país, Temer destacou a importância do programa e afirmou que não poderia impedir que as emissoras escolhessem um melhor horário para a veiculação.

“Quanto mais livre for a imprensa, melhor para o sistema jurídico, melhor para a ordem jurídica. É da ordem jurídica que nasce a liberdade de imprensa, a liberdade de expressão. Prestigiamos a imprensa livre do país; imprensa livre no nosso país é fundamental, mas não poderíamos impedir que as emissoras de rádio tivessem a liberdade para localizar dentro daquele horário que foi definido o melhor horário para essa divulgação. Eu tenho muito prazer hoje em modernizar esse sistema. Estamos trazendo o país para o século XXI”, destacou.

Na oportunidade, o presidente Michel Temer também alterou anexo da lei nº 6.615, de 16 de dezembro de 1978, que regulamenta a profissão de radialista.

A Voz do Brasil é o programa de rádio mais antigo em execução no Brasil. Embora tenha recebido este nome apenas em 1962, estreou como “Programa Nacional” em 1935. Com duração de 60 minutos, o programa é transmitido por todas as emissoras de rádio abertas do País de segunda a sexta-feira.

a voz do brasil Brasil horário Lei Michel Temer programa Rádio

Veja Também

Comentários