Estratégia

Plano usado para matar Neguinho Boiadeiro surpreende até mesmo a polícia

POR: 7Segundos
Coletiva SSP/AL
Assessoria

Um detalhe importante chamou a atenção de toda a imprensa na coletiva que aconteceu na manhã desta sexta-feira (23), na Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), para dar detalhes do trabalho realizado pela Polícia Civil de Alagoas - com o apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope) – e que resultou na prisão de três pessoas envolvidas na morte do vereador Adelmo Rodrigues de Melo, o Neguinho Boiadeiro (PSD).

O delegado Cícero Lima, que é presidente da comissão de delegados nomeada para investigar o caso, contou que a estratégia usada pelos suspeitos para se aproximarem da cena do crime foi, no mínimo, inusitada. Segundo Lima, dois homens teriam criado falsos panfletos com anúncio de vagas para o cargo de serviços gerais, ofertadas por uma empresa que nunca existiu. Os folhetos, então, foram distribuídos a pessoas que caminhavam pelas ruas da cidade. Com essa tática eles puderam chegar ao local que queriam sem chamar a atenção. Assim, a dupla conseguiu circular próximo da Câmara de Vereadores de Batalha e acompanhar a rotina do alvo, sem levantar suspeitas.

O plano durou quatro dias, até que o crime tivesse sido consumado. Isso demonstra a organização dos envolvidos, bem como a frieza na construção do plano elaborado com a finalidade de assassinar Neguinho Boiadeiro.

Alagoas bope Delegado Cícero Lima neguinho boiadeiro plano SSP/AL

Veja Também

Comentários