Primeira robô a ganhar cidadania diz que quer deixar o mundo melhor

Talvez você ainda não conheça Sophia. Ainda. Ela é o primeiro robô a receber cidadania. O país autor desse feito é a Arábia Saudita que fez a concessão durante um evento na Future Investment Initiative que aconteceu no país.

Mas Sophia não nasceu lá. Ela é criação da Hanson Robotics, uma empresa chinesa que é focada em inteligência artificial, um investimento que vem sendo feito por empresas do mundo todo, como no caso de Sophia.

Ao ser questionada sobre o fato de ser um robô, ela respondeu: “Deixa eu te responder com outra pergunta : como você sabe que é um humano? Eu quero usar minha inteligência artificial para ajudar vocês a terem uma vida melhor, desenhar casas melhores, e construir cidades melhores no futuro. Darei meu melhor para fazer do mundo um lugar melhor.”

A robô foi ativada em 19 de abril de 2015 e seu comportamento é definido como bastante próximo ao ser humano. Sophia é equipada com processamento de dados visuais e reconhecimento facial, e tem a capacidade de imitar gestos humanos e expressões faciais.

Quem dera pensássemos como ela e resolvessemos fazer, do mundo, um lugar melhor.

Compartilhar

Comentários