Barriga Cheia

[Vídeo] Agricultores de Teotônio Vilela vão colher 300 toneladas de feijão

Parceria entre governo estadual, prefeitura e iniciativa privada atende famílias de baixa renda

POR: 7 Segundos , Divulgação
Produção de feijão vai render 300 toneladas em Teotônio Vilela
Divulgação

Trabalhadores rurais que sobrevivem em regime de agricultura familiar em Teotônio Vilela, município do Agreste alagoano, colhem os frutos de um importante trabalho social que envolve prefeitura, governo estadual e iniciativa privada.

Batizado de Barriga Cheia, a parceria institucionalizada vai render 300 toneladas de feijão, número divulgado para a produção da safra 2016/2017 de feijão de corda e feijão de arranca.

De acordo com a Prefeitura de Teotônio Vilela, o cultivo acontece em 1.500 tarefas de terras cedidas por proprietários particulares e as Usinas Seresta e Coruripe. A área serviu para 1.551 famílias trabalharem durante o período de entressafra da cana-de-açúcar.

Criado em 1998, o programa Barriga Cheia gera emprego e renda para milhares de famílias. Além disso, evita a ocorrência do êxodo rural e ainda leva alimento de qualidade para moradores da cidade e do campo graças ao apoio do município e do governo estadual.

Enquanto a prefeitura disponibiliza máquinas para preparo do solo e faz o escoamento da produção, o estado repassa as sementes. As terras são cedidas pela iniciativa privada e o trabalho na roça cabe aos agricultores que estariam tentando a vida de outra forma, não fosse o Barriga Cheia.

 

agricultura baixa renda Barriga Cheia feijão prefeitura Safra Teotonio Vilela

Veja Também

Comentários