Caso Maikai

Câmara Criminal vai julgar processo de acusado de matar Guilherme Brandão

POR: 7 Segundos com assessoria
Assessoria do TJ

Entre os recursos que serão levados a julgamento pela Câmara Criminal, do Tribunal de Justiça de Alagoas, nesta quarta-feira (15), estará o que envolve Marcelo dos Santos Carnaúba, acusado de matar Guilherme Paes Brandão, proprietário do Maikai, restaurante famoso de Maceió. Ele ingressou com sentido restrito para não ser levado a júri popular.

O crime ocorreu em 26 de fevereiro de 2014, por volta das 8h20 da manhã, no interior do estabelecimento, que funciona no bairro da Jatiúca, na capital alagoana.

O réu trabalhava no Maikai como gerente administrativo, acumulando ainda a gerência financeira. Conforme consta na sentença de pronúncia, ele confessou ter efetuado o disparo que vitimou Guilherme Brandão.

O crime ocorreu porque o proprietário teria descoberto que Marcelo desviava dinheiro do estabelecimento comercial.

Em setembro de 2015, o réu foi pronunciado por homicídio duplamente qualificado. Objetivando não ser levado a júri popular, ingressou com recurso em sentido estrito no TJ/AL.

É esse pedido que será analisado pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça. O recurso também tem como relator o desembargador João Luiz Azevedo Lessa.


 

Galeria de Fotos


Alagoas Arapiraca Câmara Criminal caso maikai Julgamento Maceió Tribunal de Justiça

Comentários