Limoeiro de Anadia

Combate ao abuso sexual infantil é discutido durante seminário

POR: 7 Segundos com assessoria


Foi realizado nesta terça-feira (10), no auditório do Fórum de Limoeiro de Anadia, o II Seminário para profissionais das Políticas Públicas de Saúde, Educação e Assistência. O evento foi voltado à campanha do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a ser comemorado no dia 18 de maio.

Realizado através de uma parceria entre o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e o Conselho Tutelar local, o evento contou com o total apoio da Prefeitura Municipal e teve a finalidade de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade para participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.

Uma das ações propostas durante o Seminário foi a capacitação dos profissionais no que diz respeito ao atendimento às crianças e adolescentes que foram vítimas desse tipo de violência, bem como prevenir, dentro do possível, questões dessa natureza.

Durante o evento foram realizadas duas palestras com os temas: “Campanha Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” e “O Estatuto da Criança e do Adolescente e o Sistema de Garantia de Direitos”.

“Esse é um momento muito importante, pois estamos fazendo a nossa parte para mobilizar e conscientizar a sociedade no que diz respeito ao auxílio das vítimas no enfrentamento desse tipo de doença”, frisou a secretária municipal de Assistência Social, Denise Duarte.

Paralelamente, nas escolas, foram realizadas oficinas com crianças e adolescentes e palestras com os pais. Já nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do Pé Leve e Camadanta foram realizadas oficinas com crianças e adolescentes referentes à temática.

A culminância da campanha acontecerá na manhã da próxima quarta-feira (18), com uma grande caminhada pelas principais ruas da cidade. A caminhada terá a participação de alunos da Escola Municipal Nossa Senhora da Conceição.
 

Comentários