Rick Rocha

Cantor é preso por engano antes de iniciar apresentação no Centro de Arapiraca

POR: 7 Segundos

O vocalista da banda Dose Dupla ia começar uma apresentação na manhã desta segunda-feira (4), na Tenda Cultural da Praça Luiz Pereira Lima, no Centro de Arapiraca, quando recebeu voz de prisão sob a acusação de assalto. Momentos depois, os policiais perceberam que a vítima havia se enganado.

De acordo com informações da produção do evento, a Polícia Militar deu voz de prisão ao vocalista, identificado como Rick Rocha, quando um amigo da vítima, que não foi identificado, viu o cantor, enviou uma foto dele. A vítima disse que queria fazer o reconhecimento pessoalmente, o cantor então foi detido.

O amigo da vítima abordou Rick e acionou a PM, que levou o suposto assaltante até a Central de Polícia de Arapiraca.


Ao chegar à Central de Polícia, a vítima não reconheceu o cantor como criminoso. Os policiais liberaram o musico em seguida.

A reportagem entrou em contato com o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Thúlio Emery, ele falou que não soube do caso, mas explicou que o erro não foi da polícia já que os oficiais receberam uma denúncia e realizaram os procedimentos corretos. “A responsabilidade é do cidadão que implantou a denúncia inverídica. O cantor tem o direito de entrar com uma ação de calunia ou até difamação contra a pessoa que o acusou”, esclareceu.

Para o comandante, está havendo uma mudança de valores na sociedade. “As pessoas preferem acusar o outro sem tomar medidas corretas para averiguação”, declarou.
 

Galeria de Fotos


Comentários