Paixão: Estudante de Porto Alegre torce para o ASA de Arapiraca

Ela não queria escolher entre times dos pais

POR: Assessoria
Na cidade de Porto Alegre se tem duas escolhas quando o assunto é torcer, ser gremista ou colorado, geralmente herdando a preferência dos pais, porém desde pequena Bibiana se viu em um dilema, já que seu pai é colorado e sua mãe gremista. Não querendo causar intrigas decidiu não torcer por nenhum.

Até que em 2010 assistindo a algum canal de esportes, o nome ASA foi citado e assim nascia mais uma admiradora. Intrigada começou a pesquisar por sua história. Passou a acompanhar os jogos e a torcer por um time pela primeira vez, desde então a admiração passou a ser amor e o alvinegro se tornara sua grande paixão.

“minha família e amigos acham estranho ter escolhido um time nordestino ao invés de Inter ou Grêmio, mas eu não me abalo, já são 4 anos de sofrimentos e alegrias, o ASA é meu único time, meu amor, minha paixão!”

Bibiaba Roenick tem 16 anos e é de Porto Alegre-RS, no momento exibe seu manto alvinegro na Austrália onde faz intercâmbio.

Comentários