Sem terra é executado a tiros na Zona Rural de Jaramataia

  Vítima foi encontrada caída próximo a sua motocicleta 

Redação

Um assassinato no fim da tarde deste domingo (26) deixou chocados membros do movimento de sem terras(MST), que residem em um assentamento localizado Povoado Campo Alegre, Zona Rural de Jaramataia.

Por volta das 16h, a Companhia da Polícia Militar existente na cidade, foi informada de um homicídio ocorrido na comunidade. Ao seguirem para o referido endereço, localizou a vítima caída ao chão próximo a sua motocicleta. José Antônio dos Santos, Vulgo "Nego", como era conhecido, tinha  25 anos, ele morreu após receber vários disparos de arma de fogo na região da cabeça, crime este com traços de execução.

Segundo a Polícia apurou no local do crime, a vítima foi alvejada com a motocicleta em movimento, os acusados conseguiram fugir sem deixar qualquer pista. A área do crime foi isolada e após os trabalhos da Polícia Civil e Instituto de criminalística, o corpo foi removido ao IML de Arapiraca.
 

Comentários