Na mira

Bi-campeã brasileira, alagoana Júlia Nunes divide paixão entre tiro esportivo e advocacia

POR: Claudio Barbosa
Bi-campeã exibe medalhas
Cortesia

Com estratégia e boa pontaria, a advogada alagoana Júlia Nunes conquistou o bi-campeonato brasileiro de tiro, que aconteceu no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, no período de 23 a 26 de novembro, com a participação de mais mil atiradores. A advogada revelou ao Portal 7 Segundos que foram "dois campeonatos aproveitando a grande estrutura das olímpiadas", numa referência ao parque Olímpico no CMTE- Centro Militar de Tiro Esportivo-, em Deodoro, no Rio de Janeiro. Além da final do Campeonato Brasileiro, ocorreu  também a Copa Brasil de Tiro.

Entre os participantes da competição, estava o campeão olímpico Felipe Wu. 

Apesar da conquista importante, Júlia Nunes lamentou a falta de apoio. " Muitos Estados tiveram o incentivo do Governo. Em Alagoas, nada. Absolutamente nada. Nem Estado, nem prefeitura".  Ela acrescentou que teve apoio do preparador físico Vagner Lima , acompanhamento físico e médico da Dra. Paula Domingues, instruções de Ricardo Alencar e Luiz Sgarbi, além dos patrocínios de uma ótica e de uma Faculdade Particular. 

Sua história

Júlia Nunes reside em Maceió, cidade onde nasceu. Especializada em direito do consumidor, divide sua vida entre duas  paixões: o direito e o tiro esportivo. "Descobri que minha estrutura corporal propiciava o tiro", comentou, acrescentando que tudo começou como uma brincadeira com a conhecida carabina de ar, vulgo chumbinho. 

Galeria de Fotos


bi-campeã Brasileira Júlia Nunes tiro

Comentários