"Meu pai tinha razão"

O desabafo de Victor Albuquerque sobre o calendário 2018 e o desemprego no futebol

POR: Claudio Barbosa
Preparador físico Victor Albuquerque intensifica as atividades
Divulgação

O calendário 2018 do futebol brasileiro está sendo bastante criticado, notadamente pelas equipes consideradas pequenas, em razão das poucas datas disponibilizadas para os campeonatos estaduais. Em função da Copa do Mundo e da própria Copa do Nordeste, a CBF liberou poucas datas para o Campeonato Alagoano. Com isso, clubes como o CSE- por exemplo- jogarão somente de 21 de janeiro a 8 de abril, isso caso o time chegue a final do campeonato. Situação que gera desemprego par muitos profissionais da área.

Numa postagem feita no facebook, o preparador físico Victor Albuquerque exemplifica bem essa preocupação. “Sou apaixonado por futebol, e desde criança sempre sonhei em ser jogador profissional, até que um dia meu pai falou: Filho estude, porque se não der pra você ser um jogador, você pode ser outra coisa”, cita o profissional no início do texto.

“E realmente isso aconteceu! Não me tornei jogador profissional, mas aos 17 anos entrei pra UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS, no curso de Educação Física, e pude realizar um sonho secundário, ser Preparador Físico de Futebol Profissional. Já são 14 anos, e de uns tempos pra cá tenho observado muitos acontecimentos que vem me desmotivando e meu pai novamente falou: Filho, você deveria estudar para um concurso, pois o futebol está acabando!”, destacou Victor Albuquerque, que recentemente trabalhou no Dimensão Saúde, clube que obteve acesso a elite do futebol Alagoano.

Sobre calendário ele escreveu: “Bom, e eu como membro de uma comissão técnica torci muito para que os clubes de Alagoas tivessem essa ascensão nos campeonatos brasileiros (série B , série C e série D) e comentava com alguns amigos que isso seria bom pro futebol alagoano. Mas acho que eu estava enganado, pois antes tínhamos 10 equipes na 1ª divisão de Alagoas e o campeonato acabava em maio. Em 2018 teremos 09 equipes e em 2019 apenas 08 equipes ou menos ( se o futebol não acabar antes disso)disputando a 1ª divisão”.

E completou : “ A CBF disponibilizou 14 datas ( domingos) para o campeonato Alagoano , para as equipes que detém de um calendário está ótimo, pois elas disputam copa do nordeste, copa do Brasil, série A, B, e C, libertadores e sul-americana. Mas pensaram na maioria dos times? Voltando pra minha realidade, hoje ainda estou sem clube, preste a nascer minha filha e o campeonato Alagoano começará dia 21/01/2018 e acabará dia 08/04/2018 para os FINALISTAS.

Mas para as equipes que foram desclassificadas acabará dia 11/03/2018, com 50 dias de disputa , isso é campeonato? Eu como profissional credenciado ao CREF (conselho Regional de Educação Física) como irei pagar uma ANUIDADE, trabalhando apenas 3 meses ou menos de um ano?”

Na conclusão do seu texto, Victor Albuquerque ressalta: “Que fique claro que não estou criticando a FAF, até porque a ordem vem da CBF. Agora me pergunto: será que a CBF está pensando na maioria que ficará desempregada dia 11/03/2018 ? Os massagistas, roupeiros, jogadores, técnicos e outros membros da comissão que realmente tenta sobreviver do futebol ? É! Mas uma vez meu pai tinha RAZÃO!”

calendário Equipes Futebol Victor Albuquerque

Comentários