Jogo decisivo

Embalada, Chapecoense tem duelo decisivo na Libertadores

POR: Claudio Barbosa com Lancenet
Vágner Mancini
Google

A Chapecoense não poderia estar em melhor momento para encarar um jogo fundamental na fase de grupos da Libertadores. Vindo de oito vitórias consecutivas e com o título do returno do Catarinense, a Chape recebe o Nacional, atual líder do campeonato uruguaio, nesta terça-feira,  às 21h45, pela terceira rodada do Grupo 7 da competição. A partida será realizada na Arena Condá, em Chapecó.

O jogo é decisivo. Se quisermos nos classificar, temos que vencer. E é assim que vamos encarar o jogo, pois jogaremos em casa e estamos em um grupo muito equilibrado. Então, a vitória nos dá certa segurança – garantiu o goleiro Artur Moraes, capitão do time de Vagner Mancini, em coletiva.

E o experiente goleiro de 36 anos tem razão. A Chape é a última colocada da sua chave, com os mesmos três pontos dos seus rivais, mas saldo de gols pior – o único negativo. Um triunfo é fundamental para uma possível classificação.
 

Provável Chapecoense: Artur Moraes; Apodi, Luiz Otávio, Nathan e Reinaldo; Andrei Girotto, João Pedro e Luiz Antônio; Arthur, Rossi e Welington Paulista. Téc: Vagner Mancini. 

Provável Nacional: Conde; Otálvaro, Rafael García, Diego Polenta e Luis Espino; Arismendi,Porras, Ramírez e Romero; Rodríguez e Silveira. Téc:  Martín Lasarte. 

Chapecoense Libertadores nacional

Comentários