Samba e Futebol

Artilheiro e cantor, Jefferson Baiano quer compor sua história no ASA

POR: Claudio Barbosa
Jefferson Baiano artilheiro e compositor
Everton Luiz

O atacante Jefferson Silva dos Santos, 21 anos, mais conhecido como Jefferson Baiano, começou no Galícia, ainda na Bahia jogou na Jacuipense. Se transferiu para Pernambuco, onde atuou no modesto Vitória das Tabocas e chegou em Alagoas através do Santa Rita. No ASA, marcou um gol importante diante do Remo (PA), na série C de 2016. Seguiu rápido para o Bragantino (SP), mas não teve grandes oportunidades e retornou para a equipe arapiraquense. Nesta temporada, já deixou sua marca na vitória por 3 a 1 frente o CEO, em Arapiraca.

Entrevistado pelo repórter Everton Luiz, da rádio Novo Nordeste, destacou que o time vem trabalhando bastante, para que tudo possa dar certo no jogo de domingo (5), frente o Sete de Setembro. Sobre gols, marcou na estreia contra o CEO e passou em branco diante do Murici: “ Numa partida não vou fazer gol. Em outra partida, posso marcar até dois gols, três gols. Isso é de todo atacante. Isso acontece”, comentou.

Música

Descontraído, o atacante Jefferson Baiano é o responsável pela animação, segundo revelaram alguns atletas integrantes do grupo alvinegro. “É verdade, sempre que a gente ganha fica feliz. Eu costumo cantar, por isto eles ( os jogadores) falam que eu sou cantor”, numa referência ao tradicional pagode dentro do ônibus. Isso ocorreu no retorno de Murici, após a vitória do último sábado.

E o artilheiro acabou revelando que também é compositor, “eu tenho duas músicas minhas”, destacou. Uma das letras é bem humorada, fazendo referência à moda dos chamados playboys, que curtem andar com “quepe da Nike e um celular/ que tenha Bluetooth e internet também. Pisante da Adidas, não tem pra ninguém. São elas que pedem, o que posso fazer”, e segue a letra.

Alimentação

Na descontraída entrevista, Jefferson Baiano falou até mesmo de alimentação. Destacou que gosta de lasanha, feijão tropeiro e sucos de frutas. Mas fez uma ressalva que se cuida bastante e, com isso, gosta de dosar sua alimentação.

Musculação

O atacante afirmou gostar muito de academia, de malhar os músculos superiores. “ A parte superior também ajuda muito ao atleta, principalmente em referência as minhas características como centroavante brigador”.

O gol

“ Todo centroavante quer marcar gols, para brigar pela artilharia e ajudar sua equipe. Todo jogo é importante e eu vou sempre estou querendo balançar as redes”, concluiu Jefferson Baiano.

Galeria de Fotos


artilheiro cantor compositor Jefferson Baiano

Comentários