Casamento

Cumprindo pena de 22 anos, goleiro Bruno se casa em presídio

POR: Claudio Barbosa com Lancenet
Vagrner Antônio TJ/MG

Ainda cumprindo pena pela morte de Eliza Samudio, Bruno Fernandes casou-se no último sábado. Em cerimônia realizada dentro da APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) de Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, o ex-goleiro selou sua união com a dentista Ingrid Calheiros, com quem iniciou relacionamento durante o processo sobre o caso.

Em 2013, Bruno foi condenado a 22 anos de prisão pela morte sua ex-amante. No mesmo dia, ocorreu outro casamento de um colega de presídio do ex-goleiro de Atlético-MG, Corinthians e Flamengo, em cerimônia realizada por uma igreja evangélica e considerada pela assessoria do TJ-MG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) como de "efeito civil".

Segundo o tribunal, foram convidados parentes e amigos dos noivos, além de voluntários da Apac, previamente selecionados por meio de uma lista apresentada à direção da unidade. O casamento duplo teve acompanhamento de uma banda de louvor, e não houve autorização para fotos no local. 

Bruno Casamento

Comentários