Jogador do Timão não pode mais cobrir a cabeça com a camisa

A exigência partiu do seu maior patrocinador, a Caixa Econômica 

POR: Folha de São Paulo
Sabe quando o jogador faz o gol e cobre a cabeça com a camisa do clube? No Corinthians, isso não vai mais poder acontecer. Pelo menos enquanto a Caixa Econômica Federal for um de seus principais patrocinadores.

Segundo a reportagem, se o jogador no momento da comemoração esconder o logo da Caixa, o clube poderá ser multado em três milhões e cem mil reais. Essa punição consta no contrato firmado entre o banco público e o Corinthians, no valor de 31 milhões de reais.

Esse documento ainda prevê que se algum jogador do Timão falar mal da Caixa, o contrato é rescindido e o clube tem que pagar por 100 por cento dela.

A parceria entre os dois vale até dezembro deste ano.


Comentários