NE é a região onde mais cresce a oferta e a procura pelos cursos técnicos

 

Aumenta a procura pelo ensino técnico no Nordeste. A região já concentra 35 por cento das matrículas e, de cada dez formados, oito conseguem emprego na área que estudaram. O Nordeste também recebeu o maior número das novas escolas técnicas federais, que passaram de 49 unidades para 125.

Essa corrida por uma profissão veio com a instalação de novas indústrias na região e a procura por melhores salários. A refinaria de petróleo que está sendo construída em Pernambuco é um exemplo dessa transformação da economia nordestina.

O governo federal promete ampliar o ensino técnico em todo o País, a partir do segundo semestre deste ano. O Ministério da Educação vai pagar para colégios e faculdades particulares oferecerem esses cursos.

O programa Pronatec espera chegar a oito milhões de matrículas em cursos técnicos até o fim do ano que vem.

 

Comentários